PUBLICIDADE

Enquanto SPD fala em 'sucesso', CDU lamenta 'perdas amargas'

Novo governo alemão precisará surgir de coalizão

26 set 2021 13h53
ver comentários
Publicidade

Após os primeiros resultados da boca de urna apontarem um empate técnico entre o Partido Social-Democrata, de centro-esquerda, e União Democrata-Cristã (CDU), de centro-direita, representantes das duas siglas começaram a se manifestar neste domingo (26).
    A legenda de Angela Merkel, que deixa o poder após 16 anos, lamentou os números prévios.
    "As perdas são amargas. Precisamos ver se há uma forma para constituir uma futura coalizão para o nosso país. A União, o FDP [Liberais-democratas] e Os Verdes podem formar uma boa coalizão", disse o secretário-geral da CDU, Paul Ziemiak.
    Por outro lado, o secretário-geral do SPD, Lars Klingbeil, disse "que sempre soube que seria um cabeça a cabeça, com um descarte muito reduzido", mas que "vimos que há um claro mandato para o SPD e queremos que Olaf Scholz seja o chanceler". .
   

Ansa - Brasil   
Publicidade
Publicidade