PUBLICIDADE

Em viagem pela Europa, Blinken verá Mattarella e irá ao Vaticano

Secretário de Estado iniciará viagem nesta terça-feira (22)

21 jun 2021 19h26
| atualizado às 20h29
ver comentários
Publicidade

O secretário de Estado americano, Antony Blinken, iniciará uma viagem à Europa, com escalas em Berlim, Paris, Roma e Matera, a partir desta terça-feira (22) para debater a luta contra o Estado Islâmico, a crise na Líbia e as mudanças climáticas.

Secretário de Estado passará pela Alemanha, França e Itália
Secretário de Estado passará pela Alemanha, França e Itália
Foto: EPA / Ansa - Brasil

Segundo comunicado do governo dos Estados Unidos, o chefe da diplomacia do democrata Joe Biden também visitará o Vaticano e participará de uma reunião com o presidente italiano, Sergio Mattarella.

Blinken iniciará sua visita em Berlim para participar de uma conferência internacional sobre a Líbia e depois seguirá para Paris, onde falará com o presidente Emmanuel Macron, no dia 25 de junho.

Na sequência, ele irá para Roma para participar de uma conferência da coalizão liderada pelos EUA para derrotar o grupo jihadista Estado Islâmico, além de uma reunião ministerial para debater a crise na Síria e ressaltar a importância de atender às necessidade humanitárias.

É esperado que o americano tenha encontros bilaterais com Mattarella e com o ministro das Relações Exteriores, Luigi Di Maio, "para enfatizar o importante papel da parceria EUA-Itália na abordagem das principais prioridades globais".

"Os Estados Unidos têm uma forte parceria com a Itália. Somos aliados da Otan", afirmaram representantes do Departamento de Estado ao apresentarem a viagem de Blinken.

O secretário também visitará o Vaticano, onde se encontrará com altos funcionários da Santa Sé para enfatizar o compromisso comum com a liberdade de religião ou crença e com o enfrentamento da crise climática.

"Os Estados Unidos e o Vaticano têm uma parceria estreita em áreas como direitos humanos, clima e combate ao tráfico de pessoas. O papa Francisco mostrou liderança no clima e, trabalhando juntos, vemos uma oportunidade para trazer a questão à tona e pressionar os países a agirem", explicaram.

Em seguida, Blinken participará do encontro de chanceleres do Grupo das 20 maiores economias (G20), na cidade italiana de Matera, onde reforçará "o compromisso dos Estados Unidos com o multilateralismo e discutirá a cooperação contínua no combate à pandemia de Covid-19, a crise climática e um melhor trabalho com parceiros globais, com foco na África".

Ansa - Brasil   
Publicidade
Publicidade