5 eventos ao vivo

Dois leões, dois tigres e um jaguar fogem de zoológico na Alemanha

Segundo um jornal local, animais podem ter escapado em razão dos danos causados por uma violenta tempestade que atingiu a região; um urso também fugiu, mas foi morto pelas autoridades

1 jun 2018
11h10
atualizado às 19h20
  • separator
  • 0
  • comentários

BERLIM - Dois leões, dois tigres e um jaguar causaram pânico em um zoológico no oeste da Alemanha, quando as autoridades pensaram que tinham escapado. Na verdade, os animais do zoologico da cidade de Lünebach haviam se escondido, assustados com as chuvas torrenciais que atingiram a região.

Os animais foram localizados por um drone dentro do perímetro de 30 hectares do zoológico, segundo o jornal local Volksfreunde.

Um urso conseguiu fugir de verdade, mas foi morto pelas autoridades, que não quiseram comentar o assunto. As autoridades haviam pedido, em um primeiro momento, que os habitantes da cidade de Lünebach permanecessem em suas casas enquanto a situação não fosse resolvida.

Um dos zoológicos mais antigos do mundo em Londres foi atingido por um incêndio. Pelo menos um animal morreu.

Quando a água que havia inundado várias partes do zooloógico foi removida, os animais puderam ser vistos pelos funcionários. Um rio transbordou e inundou quase todo o zoológico, segundo a rede pública local SWR.

A região de 500 habitantes está situada a alguns quilômetros da fronteira com Luxemburgo. Cerca de 400 animais, sendo 60 espécies exóticas, vivem no zoológico Eifel, que abriu suas portas em 1972.

Bombeiros, policiais e veterinários organizaram várias explorações em torno de Lünebach e pediram à população que alertasse se eles vissem os animais.

Nos últimos dois anos houve episódios relacionados à fuga de animais na Alemanha.Em Leipzig, em 2016, dois leões deixaram o seu lugar e um deles foi morto - o outro retornou.

Um orangotango foi morto a tiro em Duisburg em 2015 e em 2017 um urso do zoológico de Osnabrück sofreu o mesmo destino./ AFP

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade