0

Torturas em prisões governamentais na Síria deixam 29 mortos

Pelo menos 1.917 pessoas morreram nas prisões do regime sírio desde o início deste ano

3 nov 2014
08h56
  • separator
  • comentários

Pelo menos 29 civis morreram neste domingo após serem torturados em prisões governamentais na província de Homs, no centro da Síria, informou nesta segunda-feira o Observatório Sírio de Direitos Humanos.

<p>Homem corre num local atingido por um suposto ataque de forças leais ao presidente sírio, Bashar al-Assad, num bairro de Aleppo, na Síria</p>
Homem corre num local atingido por um suposto ataque de forças leais ao presidente sírio, Bashar al-Assad, num bairro de Aleppo, na Síria
Foto: Hosam Katan / Reuters

Segundo a ONG, pelo menos 1.917 pessoas morreram nas prisões do regime sírio desde o início deste ano até 31 de outubro, muitos deles torturados durante o cativeiro.

Entre essas vítimas mortais, há pelo menos 27 menores de idade.

O Observatório está preocupado com o destino de dezenas de milhares de presos que tem paradeiro desconhecido e com os mais de 200 mil reclusos que tem contabilizados em diferentes prisões do regime.

No Twitter, pessoas denunciam a morte de diversas pessoas nas prisões sírias.

Mais de 200 mil pessoas morreram no território sírio desde o início do conflito em março de 2011, segundo a ONU.

Entenda os conflitos na Síria Entenda os conflitos na Síria : Confrontos começaram em março de 2011, se transformaram em guerra civil e já fizeram milhares de mortos e outros milhões de refugiados

EFE   

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade