0

Oposição síria pede ajuda após frio matar 10 pessoas

Deslocados sofrem com as baixas temperaturas na própria Síria, na Jordânia e no Líbano

8 jan 2015
13h20
atualizado às 17h13
  • separator
  • comentários

O Governo interino da oposição síria fez nesta quinta-feira um apelo para que a comunidade internacional intervenha de forma imediata para reduzir os efeitos do temporal de neve na Síria e países vizinhos, que causou a morte de dez refugiados em dois dias.

Refugiada síria em acampamento estabelecido no vilarejo de Ketermaya, ao sul de Beirute, no Líbano
Refugiada síria em acampamento estabelecido no vilarejo de Ketermaya, ao sul de Beirute, no Líbano
Foto: Ali Hashisho / Reuters

Em comunicado, o primeiro-ministro da oposição Ahmed Toma pediu também aos estados árabes para ajudar os deslocados dentro do território sírio, assim como os que estão em acampamentos na Jordânia e no Líbano.

A nota não diz em que lugar exato os dez refugiados morreram devido ao frio.

Em declarações à Agência Efe por telefone, o diretor do Observatório Sírio de Direitos Humanos, Rami Abderrahman, disse que, segundo os dados que dispõe sua organização, pelo menos seis pessoas morreram por causa das baixas temperaturas dos últimos dois dias - dois na cidade síria de Aleppo e quatro no Líbano.

Ahmed, que qualificou a situação de "catastrófica", assinalou que a comunidade internacional deve ter consciência e salvar as vidas dos sírios.

Pediu a "todos aqueles que possam ajudar" que o façam, tanto individualmente, como através de organizações e governos.

Na Síria, a neve cobriu parte do território e as províncias mais afetadas foram Sueida e Quneitra, no sul, e Damasco, segundo a agência de notícias síria Sana.

Entenda os conflitos na Síria Entenda os conflitos na Síria : Confrontos começaram em março de 2011, se transformaram em guerra civil e já fizeram milhares de mortos e outros milhões de refugiados

EFE   

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade