2 eventos ao vivo

ONG denuncia uso de mísseis balísticos pelo regime sírio

5 ago 2013
06h10
atualizado às 06h20
  • separator
  • comentários

Os mísseis balísticos utilizados pelo regime sírio contra os rebeldes matam vários civis, incluindo crianças, denunciou a ONG Human Rights Watch (HRW), após uma investigação sobre nove mísseis lançados entre fevereiro e julho.

Os nove lançamentos analisados mataram pelo menos 215 pessoas, incluindo quase 100 crianças, segundo a HRW. De acordo com a ONG, grande parte dos mísseis são lançados de uma base próxima de Qalamun, ao noroeste de Damasco, já denunciada pelos militantes sírios contrários ao regime.

O uso repetido dos mísseis contra áreas habitadas "leva a pensar que o exército utiliza voluntariamente técnicas de guerra incapazes de fazer a diferença entre civis e combatentes, o que constitui uma grave violação do direito humanitário internacional", afirma a organização de defesa dos direitos humanos com sede em Nova York.

Desde o início, em março de 2011, de uma revolta popular contra o presidente sírio Bashar al-Assad, transformada em guerra civil, os confrontos deixaram mais de 100.000 mortos, a maioria civis, segundo a ONU. Milhões de pessoas foram obrigadas a abandonar suas casas.

AFP Todos os direitos de reprodução e representação reservados. 
  • separator
  • comentários
publicidade