PUBLICIDADE

Decisão dos EUA de apoiar quebra de patente de vacinas é "momento monumental" contra Covid, diz OMS

5 mai 2021 17h56
ver comentários
Publicidade

O diretor-geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Adhanom Ghebreyesus, disse nesta quarta-feira que a intenção do presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, de apoiar uma proposta de quebra de patente para impulsionar a produção global de vacinas é um "momento monumental na luta contra a Covid-19".

Diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus
3/7/2020
Fabrice Coffrini/Pool via REUTERS
Diretor-geral da OMS, Tedros Adhanom Ghebreyesus 3/7/2020 Fabrice Coffrini/Pool via REUTERS
Foto: Reuters

Biden manifestou apoio nesta quarta a uma proposta na Organização Mundial do Comércio (OMC) de quebra de patente de vacinas contra a Covid, curvando-se à crescente pressão de parlamentares de seu próprio Partido Democrata e a mais de 100 outros países.

O diretor-geral da OMS, que tem repetidamente apelado aos países a apoiarem a proposta trazida pela Índia e África do Sul na OMC, disse em um tuíte: "Este é um momento monumental na luta contra a Covid-19". Ele acrescentou que a decisão do governo Biden "é um exemplo poderoso da liderança dos Estados Unidos para enfrentar os desafios globais de saúde".

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
Publicidade
Publicidade