9 eventos ao vivo

Covid-19 impede centenas de pessoas de votarem em eleições regionais da Espanha

10 jul 2020
15h51
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Cerca de 450 pessoas que foram diagnosticadas com coronavírus recentemente não poderão votar nas eleições das regiões espanholas da Galícia e do País Basco no domingo, disseram autoridades nesta sexta-feira.

Trabalhadores de máscara arrumam cédulas de votação para eleição regional no País Basco
10/07/2020
REUTERS/Vincent West
Trabalhadores de máscara arrumam cédulas de votação para eleição regional no País Basco 10/07/2020 REUTERS/Vincent West
Foto: Reuters

"Pessoas com infecções ativas de coronavírus, ou seja, PCR positivo nos 14 dias anteriores... não podem participar das atividades pessoalmente", disse a chefe de saúde regional basca, Nekane Murga, a repórteres. "Elas não podem votar".

Há cerca de 200 casos deste tipo na região, disse ela, e aqueles que aguardam resultados de exames de coronavírus também estão proibidos de sair de casa até poderem descartar uma infecção, acrescentou.

Na Galícia, há 259 pessoas com casos ativos do vírus que não podem sair de casa para votar, disseram autoridades locais.

"Isto é extremamente problemático, e mais, é muito revoltante, porque poderia ter sido previsto", tuitou o cientista político Pablo Simon.

Autoridades galegas e bascas não especificaram se e quais mecanismos serão usados para impedir que pessoas infectadas votem.

Embora o voto pelo correio seja uma opção nas duas eleições, as autoridades não souberam dizer quantas pessoas confinadas fizeram arranjos para participar desta forma.

As duas regiões haviam agendado seus pleitos para abril, mas os adiaram para 12 de julho depois que o país entrou em isolamento no início de março.

As restrições nacionais foram afrouxadas no dia 21 de junho, mas um aumento súbito de surtos assustou as autoridades e desencadeou isolamentos locais na Galícia, no País Basco e na Catalunha.

Comparada com os 632 casos de Madri, a segunda região mais atingida da Espanha, a Catalunha se tornou o novo epicentro do vírus no país com seus mais de 2.600 casos diagnosticados na semana passada.

O líder regional, Quim Torra, anunciou na quarta-feira o uso obrigatório de máscaras, mesmo quando se puder manter uma distância segura, uma medida seguida por regulamentações semelhantes nas Ilhas Baleares e em Extremadura.

Veja também:

Trabalhadoras de fábricas indianas que produzem para grandes marcas alegam exploração e abusos
Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade