0

CORREÇÃO-Chanceler mexicano aponta grande redução de imigrantes no programa "Fique no México"

12 fev 2020
13h37
atualizado às 14h07
  • separator
  • 0
  • comentários

O ministro das Relações Exteriores do México, Marcelo Ebrard, disse nesta quarta-feira que o número de imigrantes esperando em solo mexicano o desfecho de seus casos nos tribunais de imigração dos Estados Unidos caiu de 50 mil para cerca de 2.500.

Chanceler mexicano, Marcelo Ebrard
08/01/2020
REUTERS/Edgard Garrido
Chanceler mexicano, Marcelo Ebrard 08/01/2020 REUTERS/Edgard Garrido
Foto: Reuters

Desde janeiro de 2019, o governo do presidente norte-americano, Donald Trump, está enviando imigrantes, muitos da América Central e de Cuba, ao México, conforme a diretriz conhecida como Protocolos de Proteção do Migrante (MPP, na sigla em inglês). A diretriz é um elemento central do esforço de Trump para conter as levas de imigrantes que buscam asilo nos EUA.

Falando em uma coletiva de imprensa, Ebrard disse acreditar que o número de imigrantes no programa "Fique no México" continuará em torno dos níveis atuais.

A quantidade de imigrantes que cruzam a fronteira entre os EUA e o México diminuiu cerca de 75% nos últimos oito meses, acrescentou Ebrard.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade