0

Coreia do Norte testa suposta arma de alta tecnologia

Segundo agência estatal de notícias norte-coreana, Kim Jong-un inspecionou teste de sistema de defesa de "última geração" recém-desenvolvido

15 nov 2018
22h18
atualizado às 22h32
  • separator
  • 0
  • comentários

O líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, inspecionou o teste de um suposto sistema de defesa de "última geração" recém-desenvolvido no país, anunciou nesta sexta-feira (16/11) a agência estatal de notícias norte-coreana KCNA.

"Este resultado é a justificativa de uma política partidária focada na ciência da defesa e tecnologia, outra demonstração do crescimento rápido de nossas capacidades de defesa para toda a região, e uma mudança inovadora no fortalecimento de nossas capacidades militares de combate", afirmou Kim.

O líder destacou ainda o suposto sucesso do teste e disse, sem especificar detalhes, que o sistema testado foi um no qual seu pai esteve especialmente interessado durante a vida e teria comandado pessoalmente seu desenvolvimento.

Kim Jong-un durante inspeção de sistema de defesa de "última geração"
Kim Jong-un durante inspeção de sistema de defesa de "última geração"
Foto: DW / Deutsche Welle

Essa foi a primeira inspeção do tipo realizada pelo líder do regime em um ano. A agência de notícias sul-coreana Yonhap confirmou que Kim esteve no local onde a nova arma estaria sendo desenvolvida, mas não soube dar detalhes sobre o equipamento e a data da visita do líder norte-coreano.

"A arma de última geração tem como objetivo proteger completamente nosso território e melhorar significativamente o poder de combate do nosso Exército Popular", anunciou a KCNA. Segundo a emissora norte-coreana, os testes com a arma foram realizados com sucesso, atingindo os indicadores do projeto.

A Yonhap destacou que esta foi a primeira vez que Kim vai pessoalmente inspecionar um equipamento militar desde novembro do ano passado, quando o líder norte-coreano visitou um local de testes de mísseis intercontinentais Hwasong-15.

O anúncio foi feito em meio à estagnação do diálogo entre os Estados Unidos e a Coreia do Norte para desnuclearizar o regime. O presidente dos EUA, Donald Trump, se reuniu com Kim em 12 de junho, mas as conversas para colocar em prática os compromissos firmados na ocasião não avançaram muito desde então.

A suspensão do programa nuclear e de misseis balísticos de Pyongyang tem sido fundamental para a retomada dos laços diplomáticos entre os países. A atitude é constantemente elogiada por Trump.

Apesar do impasse nos últimos meses, o vice-presidente americano, Mike Pence, disse que Trump e Kim voltarão a se encontrar no próximo ano, sem citar data ou local onde essa reunião ocorrerá.

Veja também:

 

Deutsche Welle A Deutsche Welle é a emissora internacional da Alemanha e produz jornalismo independente em 30 idiomas.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade