1 evento ao vivo

Trump diz que EUA estão prontos para atacar Coreia do Norte

11 ago 2017
08h57
atualizado às 10h41
  • separator
  • comentários

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, deu mais um aviso à Coreia do Norte nesta sexta-feira, afirmando que as armas norte-americanas estão prontas e carregadas, enquanto Pyongyang o acusou de levar a península coreana à beira de uma guerra nuclear.

Presidente dos EUA, Donald Trump 10/08/2017  REUTERS/Jonathan Ernst
Presidente dos EUA, Donald Trump 10/08/2017 REUTERS/Jonathan Ernst
Foto: Reuters

Trump continuou a guerra verbal no Twitter logo depois que a agência de notícias estatal da Coreia do Norte, a KCNA, divulgou um comunicado culpando o líder norte-americano pela escalada nas tensões entre os dois países.

"Trump está levando a situação na península coreana à beira de uma guerra nuclear, fazendo clamores como 'os EUA não descartarão uma guerra contra a Coreia do Norte'", disse a KCNA.

Trump, que está em seu resort de golfe em Bedminster, Nova Jersey, descreveu a prontidão das forças militares norte-americanas em termos inflexíveis.

"Soluções militares agora estão totalmente preparadas, guardadas e carregadas, caso a Coreia do Norte aja imprudentemente", disse Trump em mensagem no Twitter. "Com sorte, Kim Jong Un encontrará outro caminho."

O presidente dos Estados Unidos manteve a pressão contra a Coreia do Norte um dia depois de ameaçar enfrentar Pyongyang com "fogo e fúria", caso o governo norte-coreano realizar um ataque pode não ter sido forte o suficiente.

O secretário de Defesa dos Estados Unidos, James Mattis, tentou minimizar as palavras duras de Trump na quinta-feira dizendo a repórteres que os Estados Unidos ainda preferem uma abordagem diplomática à ameaça norte-coreana. Uma guerra seria "catastrófica", disse.

Perguntado se os EUA estão prontos caso a Coreia do Norte cometa um ato hostil, ele disse: "Nós estamos prontos."

Veja também

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade