1 evento ao vivo

Chegada de bombas magnéticas na Caxemira indiana dispara alarme na região

28 fev 2021
12h47
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Forças de segurança que lutam contra uma insurgência de décadas na Caxemira controlada pela Índia estão alarmadas com a recente chegada de pequenas bombas magnéticas à região disputada e que causaram estragos no Afeganistão.

As bombas, do tipo que podem ser fixadas em veículos e detonadas remotamente, foram apreendidas durante ataques nos últimos meses na região administrada pelo governo federal de Jammu e Caxemira, disseram três altos funcionários de segurança à Reuters.

"São AEIs pequenos e bastante poderosos", disse o chefe da polícia do Vale da Caxemira, Vijay Kumar, referindo-se aos artefatos explosivos improvisados. "Certamente terá impacto no cenário de segurança atual, visto que o volume e a frequência da movimentação de veículos da polícia e das forças de segurança são altos no Vale da Caxemira".

O governo indiano inundou a Caxemira, já uma das regiões mais militarizadas do mundo, com mais tropas em agosto de 2019, quando dividiu o único Estado de maioria muçulmana do país em dois territórios administrados pelo governo federal.

A chegada das bombas magnéticas na Caxemira controlada pela Índia --incluindo 15 apreendidas em uma operação em fevereiro-- levanta preocupações de que uma tática provocativa atribuída aos insurgentes do Taleban no Afeganistão possa estar se espalhando para o conflito Índia-Paquistão.

Veja também:

Morre príncipe Philip, marido da rainha Elizabeth 2ª
Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade