0

Chefe de política externa da UE repudia expulsão de embaixador alemão de Caracas

7 mar 2019
14h39
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

A chefe da política externa da União Europeia, Federica Mogherini, rejeitou nesta quinta-feira a decisão da Venezuela de expulsar o embaixador da Alemanha em Caracas, e afirmou que a medida atrapalha os esforços para uma solução política para a crise no país.

Embaixador alemão na Venezuela, Daniel Martin Kriener, ao lado do líder de oposição Juan Guaidó
19/02/2019
REUTERS/Marco Bello
Embaixador alemão na Venezuela, Daniel Martin Kriener, ao lado do líder de oposição Juan Guaidó 19/02/2019 REUTERS/Marco Bello
Foto: Reuters

"A União Europeia condena firmemente o fato de o embaixador alemão em Caracas ser pressionado para abandonar o país", disse em comunicado a alta representante da UE para Relações Exteriores.

"Medidas que entorpecem o trabalho diplomático apenas contribuem para escalar as tensões e minam uma saída política para a crise", acrescentou.

Veja também:

Quem é o menino bailarino da Nigéria que viralizou nas redes sociais
Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade