PUBLICIDADE

Chefe da OMC apresenta ação global para aumentar acesso às vacinas

14 abr 2021
0comentários
Publicidade

A chefe da Organização Mundial do Comércio (OMC), Ngozi Okonjo-Iweala, apresentou uma série de ações nesta quarta-feira para os países e fabricantes de medicamentos aumentarem a produção de vacinas contra o coronavírus e compartilhá-las de forma mais ampla e justa.

Chefe da OMC,  Ngozi Okonjo-Iweala
12/04/2021
REUTERS/Denis Balibouse
Chefe da OMC, Ngozi Okonjo-Iweala 12/04/2021 REUTERS/Denis Balibouse
Foto: Reuters

Okonjo-Iweala, que se tornou diretora-geral da OMC em março, convocou uma reunião a portas fechadas com produtores, governos e outros para abordar o acesso desigual a imunizantes, uma vez que países de baixa renda aplicaram apenas 0,2% dos 700 milhões de doses globais.

Em suas observações finais, Okonjo-Iweala disse que as preocupações com as cadeias de abastecimento transfronteiriças, incluindo restrições às exportações e escassez de pessoal qualificado, reforçaram sua visão de que a OMC precisa desempenhar um papel central na resposta à pandemia.

"Nas próximas semanas e meses, esperamos ações de acompanhamento concretas. Essas questões não são fáceis, mas a vontade política e o engajamento do setor privado exibidos hoje sugerem que é possível", disse.

Os membros da OMC, disse ela, precisam reduzir as restrições às exportações e trabalhar para facilitar a logística e os procedimentos alfandegários.

Devem também avançar as negociações sobre uma proposta da Índia e da África do Sul e apoiada por mais de 80 integrantes da OMC para renunciar temporariamente aos direitos de propriedade intelectual das empresas farmacêuticas. Os membros da OMC discutiram o assunto oito vezes, sem avanços.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
Publicidade
Publicidade