PUBLICIDADE

Biden promete pressionar por "mudanças significativas" para norte-americanos negros

13 abr 2021
20h30 atualizado em 14/4/2021 às 15h56
0comentários
20h30 atualizado em 14/4/2021 às 15h56
Publicidade

O presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, ressaltou nesta terça-feira sua determinação para abordar preocupações sobre policiamento, prisões e em relação às gigantescas disparidades econômicas enfrentadas pelos norte-americanos negros, afirmando que cada agência de seu governo estará focada nesses desafios. 

Biden durante reunião com parlamentares na Casa Branca
 13/4/2021   REUTERS/Tom Brenner
Biden durante reunião com parlamentares na Casa Branca 13/4/2021 REUTERS/Tom Brenner
Foto: Reuters

Biden, que falou no início de uma reunião com a bancada negra do Congresso, se referiu ao que chamou de "terrível tiroteio" no qual uma policial do Estado de Minnesota matou um homem negro de 20 anos a apenas alguns quilômetros de onde está ocorrendo o julgamento de Derek Chauvin, ex-policial de Mineápolis acusado de assassinar George Floyd.

"Estamos trabalhando - todos nós, nos reunindo aqui hoje - para entregar mudanças reais", disse Biden, acrescentando que todas as partes de seu governo e todas as agências estarão focadas no avanço da equidade.

"Temos um tanto de coisas que temos de lidar (...) quando o assunto é a polícia, quando tratamos de desigualdade de oportunidades econômicas", acrescentou o presidente democrata antes da reunião. 

Biden afirmou que os parlamentares negros já ajudaram a garantir mudanças significativas ao auxiliarem na aprovação de seu plano de resgate de 1,9 trilhão de dólares para a pandemia, que irá reduzir a miséria infantil e a pobreza nas comunidades negras com um crédito para crianças, além de outras medidas.

Perguntado sobre o que poderia cumprir dentro de suas promessas aos afro-americanos para mudar a interação deles com a polícia, Biden disse: "Muita coisa", mas não ofereceu detalhes. 

A secretária de imprensa da Casa Branca, Jen Psaki, disse na terça-feira que Biden continuará pressionando por ações de reformas das forças policiais. 

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
Publicidade
Publicidade