2 eventos ao vivo

Biden e Trump passam Dia de Ação de Graças tranquilo em suas casas com pandemia em alta

26 nov 2020
21h45
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O presidente eleito dos Estados Unidos, Joe Biden, e o atual presidente, Donald Trump, como milhões de norte-americanos, ficaram próximos de casa para celebrar o feriado do Dia de Ação de Graças de maneira tranquila nesta quinta-feira, enquanto a pandemia de coronavírus ainda se alastra pelo país.

Presidente eleito dos EUA, Joe Biden 
25/11/2020
REUTERS/Joshua Roberts
Presidente eleito dos EUA, Joe Biden 25/11/2020 REUTERS/Joshua Roberts
Foto: Reuters

Biden passou o feriado na pequena cidade costeira de Rehoboth, no Delaware, onde ele e sua esposa Jill têm uma casa de veraneio. A família Biden recebeu sua filha Ashley Biden e seu marido, o Dr. Howard Krein, para a tradicional ceia de feriado.

O ex-vice-presidente, que apareceu em uma mensagem de vídeo com sua esposa publicada em sua conta no Twitter no dia de Ação e Graças, disse que sua família normalmente promove uma reunião grande na ilha de Nantucket, no Estado do Massachusetts, mas que ficariam no Delaware neste ano "com apenas um pequeno grupo em volta de nossa mesa de jantar", por conta da pandemia.

Em um pronunciamento em estilo presidencial ao país que perdeu mais de 260 mil vidas por causa do coronavírus, o presidente eleito democrata disse que os norte-americanos estariam fazendo "um sacrifício compartilhado pelo país inteiro" e uma "declaração de propósito comum" ao ficarem em casa com suas famílias mais próximas.

"Eu sei que esse não é o jeito que muitos de nós esperávamos passar nosso feriado. Sabemos que o pequeno ato de ficar em casa é um presente para nossos compatriotas americanos, disse Biden, que será empossado no cargo no dia 20 de janeiro. "Eu sei que dias melhores estão chegando".

O presidente republicano Trump normalmente gosta de celebrar seus feriados em seu retiro em Mar-a-Lago, na Flórida. Mas nesta quinta-feira ele permaneceu na região de Washington, passando parte de sua manhã em seu Clube de Golfe Nacional Trump, no Estado da Virgínia, onde disputou uma partida de golfe.

O cenário é distante do que foi no ano passado, quando ele fez uma visita surpresa ao Afeganistão, onde serviu peru para militares norte-americanos antes de se sentar para o jantar de Ação de Graças com eles. O presidente deve conversar com membros das Forças Armadas na tarde de quinta-feira.

Em oposição a Biden, que pediu que os norte-americanos passassem o feriado em segurança, utilizando máscaras e praticando o distanciamento social, Trump, em sua proclamação especial do tradicional feriado norte-americano na quarta-feira, pediu que os americanos "se reúnam" para a data.

"Eu incentivo todos os americanos a se reunirem, em suas casas e locais de culto, para oferecer uma oração de agradecimento a Deus por nossas muitas bênçãos", disse o presidente, que se recuperou de um caso de Covid-19 no mês passado, em nota.

Veja também:

Coronavírus, 1 ano depois: de 'pneumonia desconhecida' a quase 2 milhões de mortos
Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade