4 eventos ao vivo

Biden alerta para corrupção em pacote de estímulo dos EUA contra coronavírus

12 mai 2020
12h20
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O candidato presidencial democrata dos Estados Unidos Joe Biden alertou nesta terça-feira que investigará qualquer pessoa ou grande empresa que receba dinheiro do pacote de socorro de trilhões de dólares do governo norte-americano para o enfrentamento ao coronavírus sem ter direito.

Candidato presidencial democrata dos EUA Joe Biden
10/03/2020
REUTERS/Brendan McDermid
Candidato presidencial democrata dos EUA Joe Biden 10/03/2020 REUTERS/Brendan McDermid
Foto: Reuters

O provável indicado democrata para enfrentar o presidente Donald Trump, um republicano, na eleição de novembro atentou para a maneira como o governo está administrando os fundos de estímulo, depois que diversas empresas de capital aberto com dinheiro de sobra conseguiram receber financiamento destinado a ajudar pequenos negócios a sobreviverem ao isolamento.

"Permitam-me emitir um alerta agora mesmo a qualquer um que participe dos brindes corruptos do presidente Trump e seu governo", disse Biden em um comunicado por vídeo.

Ele disse que, se eleito, indicará um inspetor-geral "para analisar qualquer empréstimo de estímulo dado a qualquer privilegiado político ou de grande empresa. Cada um deles".

O inspetor-geral teria autoridade para encaminhar possíveis irregularidades de uma companhia ou executivo ao Departamento de Justiça, disse.

Desde o início de março, o Congresso já aprovou projetos de lei que destinam cerca de 3 trilhões de dólares para o combate à pandemia, incluindo dinheiro dos contribuintes a indivíduos e empresas, para suavizar um impacto econômico que inclui um índice de desemprego que chegou a 14,7% em abril.

"Todo dólar que for para alguém que não o merece por lei, todo dólar tomado corruptamente, nós o encontraremos, iremos buscá-lo e puniremos os infratores", disse Biden.

Veja também:

'Sou acusada de sequestrar meu próprio filho branco adotado'
Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade