PUBLICIDADE

Mundo

Avalanches deixam dezenas de pessoas presas em vilarejos chilenos nas montanhas

24 jun 2024 - 19h09
Compartilhar
Exibir comentários

Dezenas de pessoas ficaram presas após avalanches atingirem vilarejos montanhosos ao leste da capital do Chile, Santiago, e bloquearem estradas, segundo as autoridades.

Fortes chuvas e nevascas dos últimos dias deixaram grandes pilhas de neve na província de Maipo, região central do Chile.

Dois pequenos vilarejos da cordilheira de Cajón del Maipo também ficaram isolados, além de um centro de esqui, devido aos fechamentos de estradas causados por deslizamentos de neve, segundo autoridades policiais e do governo da província.

"Estamos fazendo todo o possível para chegar a eles e levá-los a uma região segura", disse Alejandra Cortes, uma delegada do governo federal na província de Cordillera.

Ela acrescentou que, nos próximos dias, as autoridades tentarão provocar uma avalanche controlada para limpar a neve, se isso não acontecer naturalmente primeiro.

No centro de esqui Lagunillas, 33 pessoas estão presas, incluindo oito crianças, disse o tenente-coronel Bernardo Leiva, da polícia nacional do Chile.

"Ninguém ficou ferido (no resort de esqui) e alimentos foram levados a eles", disse.

Uma segunda avalanche bloqueou uma estrada de acesso nas montanhas, deixando nove pessoas presas no vilarejo de Baños Morales e 20 em Lo Valdes, segundo o gabinete de Cortes.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade