0

Autoridades de saúde pedem abordagem comum para tratamentos contra Covid-19

25 fev 2021
14h45
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Uma cooperação internacional para vacinas e tratamentos contra Covid-19 é necessária para reagir a variantes emergentes do vírus, melhorar o acesso para gestantes e criar confiança nas vacinas, disse a agência reguladora da Europa nesta quinta-feira.

Bandeiras da União Europeia do lado de fora da sede da Comissão Europeia em Bruxelas
21/08/2020 REUTERS/Yves Herman
Bandeiras da União Europeia do lado de fora da sede da Comissão Europeia em Bruxelas 21/08/2020 REUTERS/Yves Herman
Foto: Reuters

Autoridades de saúde de todo o mundo, incluindo Europa, Estados Unidos, Reino Unido e Austrália, reuniram-se durante as primeiras semanas do ano para abordar o desenrolar da situação e o aumento das infecções, disse a Agência Europeia de Medicamentos (EMA).

As infecções globais por coronavírus ultrapassaram 110 milhões, e variantes altamente transmissíveis estão levando desenvolvedores de remédios e governos a reformularem suas estratégias de exames e de imunização, enquanto agências reguladoras estão trabalhando em velocidade recorde para avaliar e aprovar vacinas e tratamentos.

Workshops sobre estes temas foram presididos por várias agências reguladoras durante as reuniões, e possíveis soluções e próximos passos foram decididos, de acordo com a EMA.

Entre as sugestões para acelerar as aprovações estão reduzir a quantidade de testes clínicos amplos se o desenvolvedor de uma vacina contra Covid-19 puder produzir dados para mostrar como sua vacina protegeria contra novas variantes, com base em um relatório da Coalizão Internacional de Autoridades Reguladoras de Medicamentos.

Veja também:

'A melhor vacina é a disponível': Por que não se pode comparar os imunizantes contra covid-19
Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade