1 evento ao vivo

Assessora de Pence depõe em inquérito de impeachment de Trump e Bolton não comparece

7 nov 2019
18h51
  • separator
  • 0
  • comentários

Os comitês do Congresso dos Estados Unidos que conduzem um inquérito de impeachment contra o presidente Donald Trump se reuniram nesta quinta-feira pela primeira vez com uma consultora do vice-presidente Mike Pence, mas o ex-assessor de segurança nacional John Bolton não aceitou o requerimento para comparecer.

John Bolton
30/09/2019
REUTERS/Jonathan Ernst
John Bolton 30/09/2019 REUTERS/Jonathan Ernst
Foto: Reuters

Jennifer Williams, funcionária de carreira no exterior e assessora especial de Pence para Europa e Rússia, estava depondo em uma audiência a portas fechadas diante de membros dos comitês de Relações Exteriores, Inteligência e Supervisão da Câmara dos Deputados, depois de receber uma intimação.

Os parlamentares estão tentando descobrir o quanto Pence sabia sobre os esforços de Trump e outros ao seu redor para pressionar a Ucrânia a investigar o ex-vice-presidente Joe Biden e seu filho Hunter, além da interferência estrangeira nas eleições de 2016 nos EUA.

Bolton, que foi demitido por Trump em setembro, também foi chamado para comparecer na quinta-feira, mas não apareceu, e seu advogado disse que ele não testemunharia voluntariamente.

Uma autoridade do Comitê de Inteligência da Câmara dos Deputados disse que Bolton ameaçou processar o comitê se ele for intimado. Uma fonte do Congresso afirmou que é improvável que o inquérito siga esse caminho.

O escritório de Bolton e seu advogado não responderam a um pedido de comentário.

Integrantes das comissões que conduzem o inquérito disseram que querem ver se Bolton corroborará o depoimento de testemunhas anteriores de que ele estava alarmado com o fato de Trump pedir a um governo estrangeiro que se envolvesse em questões políticas domésticas.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade