0

Assad quer se encontrar com Kim Jong-un, diz agência norte-coreana

Caso ocorra, será a primeira vez que o líder da Coreia do Norte recebe um presidente em seu país

4 jun 2018
05h56
atualizado às 05h59
  • separator
  • 0
  • comentários

SEUL - O presidente da Síria, Bashar Assad, quer visitar o líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, em Pyongyang, informou no domingo, 3, a agência estatal norte-coreana KCNA.

O veículo afirmou que Assad expressou ao novo embaixador norte-coreano em Damasco, Mun Jong-nam, o desejo de se encontrar com Kim durante a entrega de credenciais no dia 30 de maio. "Meu desejo é viajar para a Coreia do Norte e me reunir com Kim Jong-un no futuro", disse o líder sírio a Mun, segundo a KCNA, que não deu detalhes sobre quando esse hipotético encontro ocorreria.

Caso realmente ocorra, será a primeira vez que Kim recebe um presidente na Coreia do Norte.

Após a guinada diplomática dos últimos meses, o líder norte-coreano, que não havia se reunido com nenhum mandatário estrangeiro em seus mais de seis anos no poder, realizou duas cúpulas com o presidente da China, Xi Jinping, e se encontrou outras duas vezes com o presidente da Coreia do Sul, Moon Jae-in.

A Coreia do Norte e a Coreia do Sul realizam nesta sexta-feira uma jornada de conversações de alto nível para discutir os esforços em curso para melhorar os vínculos antes da histórica reunião de cúpula entre o presidente americano, Donald Trump, e o líder norte-coreano Kim Jong Un.

Além disso, Kim deve se encontrar com o líder dos EUA, Donald Trump, no dia 12, em Cingapura.

O regime de Pyongyang mantém uma relação muito próxima com a Síria. Os dois governos são acusados por investigadores da ONU de cooperar em um programa de armas químicas. / EFE

O líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, está disposto a "completar" a desnuclearização da península coreana e a celebrar uma cúpula histórica com o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump. - disse o presidente da Coreia do Sul, Moon Jae-in, neste domingo.

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade