PUBLICIDADE

Japão está em "alerta total" por conta da tensão nas Coreias

10 abr 2013 04h25
| atualizado às 04h39
ver comentários
Publicidade
Ministro da Defesa inspecionou hoje o sistema antimísseis posicionado em Tóquio
Ministro da Defesa inspecionou hoje o sistema antimísseis posicionado em Tóquio
Foto: Reuters

O Japão está em "alerta total" por conta das ameaças e de um possível lançamento de míssil pela Coreia do Norte, afirmou nesta quarta-feira o ministro da Defesa japonês, Itsunori Onodera, segundo informações da agência News On Japan.

Onodera disse que o país está em alerta total e irá manter este nível de vigilância por conta da tensão na península coreana. O primeiro-ministro Shinzo Abe, por sua vez, afirmou que “nós estamos fazendo os maiores esforços para proteger a vida do nosso povo e garantir sua segurança”.

As Forças Armadas japonesas foram autorizadas a derrubar qualquer míssil norte-coreano direcionado ao seu território. Para isso, foram posicionados em Tóquio nessa terça um sistema antimíssil, com unidades do Patriot Advanced Capability-3 (PAC-3). Navios de guerra com capacidade de interceptar mísseis também foram posicionados e estão de prontidão.

A Coreia do Norte ameaçou nesta quarta-feira transformar o Japão em um "campo de batalha", com possíveis ataques a suas principais cidades, entre elas Tóquio, Osaka e Kioto, caso os japoneses produzam movimentos que provoquem o início de um conflito armado.

Em um editorial publicado hoje pelo jornal Rodong Sinmundo, pertencente ao partido único norte-coreano, o regime também ameaça causar a "destruição" do Japão se esse país agir politicamente contra a Coreia do Norte, em um momento de elevada tensão na península pelas contínuas ameaças bélicas norte-coreanas.

Infográfico mostra o alcance dos mísseis norte-coreanos
Infográfico mostra o alcance dos mísseis norte-coreanos
Foto: AFP

<a data-cke-saved-href="http://noticias.terra.com.br/mundo/infograficos/tensao-na-coreia/iframe.htm" href="http://noticias.terra.com.br/mundo/infograficos/tensao-na-coreia/iframe.htm">veja o infográfico</a>
Fonte: Terra
Publicidade
Publicidade