0

Avião sumido: familiares jogam garrafas em autoridades

Entrevista ocorreu em Pequim na manhã desta quarta-feira; familiares querem saber "Por que os militares da Malásia estão guardando em segredo o que eles sabem?"

12 mar 2014
10h05
atualizado às 10h31
  • separator
  • 0
  • comentários

Famílias chinesas arremessaram garrafas de água em autoridades, durante entrevista coletiva, na manhã desta quarta-feira, em Pequim, sobre o desaparecimento do avião da Malaysia Airlines. Os parentes reclamam da demora de notícias e das informações confusas em torno do mistério do desaparecimento do avião, cujas buscas já duram cinco dias.

Foto: Nine Network / Reprodução

Na entrevista, estavam presentes funcionários da companhia aérea Malaysia Airlines, representantes do governo e da embaixada da Malásia na China.

Desesperados por qualquer notícia, os familiares perguntaram às autoridades o que exatamente os militares da Malásia sabiam sobre o avião desaparecido. Quando os oficiais se recusaram a discutir os detalhes já conhecidos, garrafas foram atiradas e alguns parentes chegaram a se lançar em direção aos malaios. Pelo menos três pessoas jogaram os objetos. As imagens foram captadas pela rede de TV australiana Nine Network.

As famílias também acusaram os funcionários da companhia aérea de mentir e gritaram "nos digam a verdade". 153 passageiros do vôo sumido são chineses.

A operação de busca já dura cinco dias e reune equipes, aeronaves e embarcações de 10 países. As buscas estão sendo feitas ao longo do Golfo da Tailândia e do Mar do Sul da China, que se encontram entre a Malásia e Vietnã, e no Estreito de Malaca até o Mar de Andaman.

As autoridades da Malásia afirmaram que o despaarecimento do avião é um "caso sem precendentes".

Com informaçoes do Daily Mail.

Parentes aguardam notícias de avião desaparecido na Ásia; veja fotos

Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade