1 evento ao vivo

Ataque aéreo no Iêmen mata 7 membros da Al Qaeda

18 mai 2013
15h13
atualizado às 15h16

Pelo menos sete supostos membros da Al Qaeda, entre eles um líder do grupo, morreram neste sábado após o ataque de um avião não tripulado contra o veículo no qual se deslocavam pelo sul do Iêmen, informou à Agência Efe uma fonte da Polícia.

O suposto líder terrorista morto é Talal bin Aidi, um dos dirigentes da organização Ansar al-Sharia, ligada à Al Qaeda no Iêmen.

Os supostos combatentes viajavam em um caminhão carregado com explosivos e munição pela região de Mesab, na província meridional de Abian, quando foram atacados durante a última madrugada por um "drone".

Abrigaram-se na zona de Mesab os militantes da Ansar al-Sharia que fugiram da cidade de Zinyibar, capital de Abian, no ano passado.

Em maio de 2012, as forças armadas lançaram uma ofensiva contra os redutos da organização terrorista nessa província, culminando com a expulsão dos "jihadistas" das localidades de Yaar, Lauder e Zinyibar.

A atividade da Al Qaeda e de seus grupos afins aumentou no Iêmen desde que explodiu em 2011 a revolta contra o regime do então presidente Ali Abdullah Saleh, cuja saída definitiva do poder aconteceu em fevereiro de 2012.

EFE   
publicidade