0

Amanda Knox desbloqueia Instagram e é xingada: "assassina"

Norte-americana já foi apontada como assassina de uma jovem

22 jun 2017
16h52
atualizado às 17h51
  • separator
  • comentários

A jovem americana Amanda Knox, pivô de um dos maiores escândalos judiciais internacionais, tornou pública sua conta no Instagram e tem recebido vários comentários com xingamentos. Amanda, que fora acusada pela Justiça italiana pelo assassinato de sua amiga Meredith Kercher em 2007, em Perugia, e depois inocentada em um processo que durou quase uma década, exibe nas redes sociais suas fotos de viagens com seu atual namorado, Christopher Robinson.

Foto: Reprodução

"O que acontece? Decidi tornar público o meu perfil. Chega de guardar para mim os meus fantásticos vídeos com meus gatos", escreveu a jovem, que já tinha uma conta na rede social há dois anos.

Foto: Reprodução

Em uma das imagens, Amanda aparece na Floresta Negra, na Alemanha, vestida de "Chapeuzinho Vermelho", com o namorado fantasiado de lobo. A foto foi publicada em 11 de junho e tem dezenas de comentários de internautas chamando Amanda de "assassina". Além das fotos pessoais, a jovem publica imagens publicitárias da organização "Innocence Project", fundada em Seattle e que luta pela libertação de detentos condenados injustamente.

Amanda Knox e seu ex-namorado italiano Raffaele Sollecito foram apontados pela Justiça da Itália como os autores do assassinato de Meredith Kercher, encontrada morta em Perugia com sinais de abusos sexuais e mais de 20 facadas pelo corpo. O casal sempre se declarou inocente, mas as investigações apontavam para Amanda e Raffaelle, que teriam feito um jogo sexual e matado a britânica, a qual vivia na mesma casa que a jovem americana. O caso repercute até hoje, uma vez que houve falhas na perícia italiana, mas também contradições do casal.

Veja mais fotos:

Foto: Reprodução
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução
Ansa - Brasil   

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade