0

Alemanha acolherá mais de 1,5 mil migrantes da Grécia

Medida anunciada pelo governo de Merkel beneficiará 408 famílias

15 set 2020
13h55
atualizado às 15h58
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O governo da Alemanha anunciou que receberá 1.553 migrantes de cinco ilhas gregas, informou o vice-chanceler, Olaf Scholz, nesta terça-feira (15).

Medida anunciada pelo governo de Merkel beneficiará 408 famílias
Medida anunciada pelo governo de Merkel beneficiará 408 famílias
Foto: ANSA / Ansa - Brasil

A medida beneficiará 408 famílias com crianças que já tiveram pedido de refúgio autorizado pela Grécia. Apenas alguns desses migrantes viviam no centro de acolhimento de Moria, na ilha de Lesbos, que foi devastado por um incêndio na semana passada.

A decisão de acolher os migrantes ocorre em meio à crescente pressão por uma resposta mais eficiente do governo da chanceler alemã, Angela Merkel, principalmente depois da destruição do campo de refugiados.

Na última semana, Merkel já havia informado que pretendia receber entre 100 e 150 menores isolados do campo, em uma ação conjunta com a França. No entanto, o novo plano também envolverá migrantes detidos em outras partes da Grécia.

Além disso, as autoridades alemãs insistem na necessidade de haver uma solução em toda a União Europeia para a crise migratória, que tem dividido os 27 Estados-membros do bloco.

Merkel tem enfatizado que o acordo precisa abordar não somente a quantidade de refugiados que o país deveria receber, mas também o estabelecimento de instalações, com a supervisão da UE sobre o financiamento e gestão dos esforços.

Veja também:

A igreja que conecta fiéis a Deus com a ajuda do álcool
Ansa - Brasil   
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade