PUBLICIDADE

Aglomeração em Roma provoca fechamento da Fontana di Trevi

Medida foi tomada para tentar restaurar condições de segurança

15 mai 2021 15h14
| atualizado às 16h23
ver comentários
Publicidade

A polícia de Roma decidiu fechar a área da Fontana di Trevi, uma das principais atrações turísticas da capital, neste sábado (15) devido a aglomerações de pessoas às vésperas do relaxamento das medidas restritivas anti-Covid.

A suspensão foi feita na tentativa de reduzir o fluxo de cidadãos e restaurar as condições de segurança no local para garantir o cumprimento das regras sanitárias contra a disseminação do novo coronavírus Sars-CoV-2.

Além da icônica fonte no centro histórico romano, a polícia também está realizando uma vigilância reforçada e patrulhas nos lugares mais populares da cidade, em particular parques e vilas históricas.

Por conta da queda constante nos números, a partir da próxima segunda-feira (17), 19 das 20 regiões italianas estarão na zona amarela, a menos restritiva do sistema de cores do governo italiano. Apenas o Vale de Aosta permanecerá na fase laranja, a segunda mais controlada.

Ansa - Brasil   
Publicidade
Publicidade