2 eventos ao vivo

Sobe para 29 o número de corpos recuperados em mina de ouro sul-africana

18 mai 2017
10h25
  • separator
  • comentários

Os corpos de outros quatro mineiros clandestinos foram recuperados nesta quinta-feira pelos serviçso de resgate da mina sul-africana de Elande Shaft, onde foram encontrados até o momento 29 corpos após a explosão de gás que ocorreu no local há uma semana.

Segundo a polícia, as vítimas são mineiros clandestinos que trabalhavam de maneira ilegal em um dos poços que não são explorados pela empresa Harmony Gold, proprietária desta exploração de ouro situada em Welkom, na província do Free State do centro da África do Sul.

"Poderia haver mais corpos e acreditamos que o balanço aumentará", disse a porta-voz policial Lerato Molale em declarações recolhidas pelo jornal "The Star".

"Ontem detivemos 11 mineiros clandestinos que conseguiram sobreviver à explosão e sair por seus próprios meios, e nos disseram que havia mais corpos presos sob terra", acrescentou Molale.

No total, 11 corpos recuperados até o momento foram tirados da mina na segunda-feira. Três dias depois, foram recuperados mais 13 corpos, e os outros foram resgatados entre ontem e hoje.

Os mineiros mortos no acidente são originários de países vizinhos como Zimbabué, Moçambique e Lesoto.

Os mineiros clandestinos detidos foram acusados de entrar em propriedade alheia. Além disso, deverão responder por um delito de roubo e outro de mineração ilegal. A Polícia espera realizar mais detenções à medida que os sobreviventes saiam à superfície.

Dezenas de mineiros clandestinos morrem a cada ano em acidentes e enfrentamentos armados entre grupos rivais em minas abandonadas de toda África do Sul que já não são rentáveis para as empresas proprietárias.

Estes mineiros procedem geralmente de Zimbabué, Lesoto e Moçambique, e vendem o ouro que obtêm no mercado ilegal.

EFE   

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade