6 eventos ao vivo

Incêndio atinge Catedral de Notre-Dame, em Paris

15 abr 2019
15h20
atualizado às 15h31
  • separator
  • 0
  • comentários

Prefeita qualifica incêndio como terrível, enquanto bombeiros correm contra o tempo para evitar danos maiores no monumento histórico na capital francesa.Um incêndio atinge nesta segunda-feira (15/04) a Catedral de Notre-Dame, um dos monumentos mais conhecidos de Paris. Imagens mostram que as chamas tomaram a nave e o teto da catedral, que tem mais de 850 anos. A fumaça tomou os céus da capital francesa.

Uma grande operação para conter as chamas está sendo conduzida pelo Corpo de Bombeiros da capital. A Polícia também isolou a área. As primeiras chamas foram detectadas por volta de 18h30 no horário local (13h30 em Brasília). Algumas seções da catedral foram bastante afetadas. A flecha (uma torre isolada sobre o teto da nave), que foi instalada na catedral no século 19, desabou parcialmente.

Ainda não há informações sobre feridos.

A causa do incêndio ainda não foi determinada.

A catedral estava passando por um intenso processo de reforma, que já havia provocado na semana passada a retirada de 16 estátuas, que foram encaminhadas para ateliês de restauração. O trabalho completo de renovação estava previsto para durar 20 anos, segundo o jornal Le Figaro. Parte do monumento estava encoberto por andaimes que estavam sendo usados na restauração da flecha.

A catedral é o monumento mais visitado de Paris, à frente de outras construções, como o Museu do Louvre e a Torre Eiffel. Em 2017, 12 milhões de pessoas visitaram o interior da Notre-Dame.

A prefeita de Paris, Anne Hidalgo, classificou o incêndio como "terrível" e pediu que os parisienses e turistas se mantenham fora do perímetro de segurança estabelecido em volta da catedral enquanto prosseguirem os trabalhos dos bombeiros. Segundo o jornal Le Monde, os bombeiros estão enfrentando dificuldades para combater as chamas, já que a parte traseira da Catedral é de difícil acesso para caminhões.

O governo francês informou que o presidente Emmanuel Macron cancelou a agenda prevista para a noite de segunda-feira e planeja se dirigir ao local junto com o ministro da Cultura, Franck Riester. Pelo Twitter, Macron também comentou o incêndio.

"Notre-Dame de Paris em chamas. Emoção de uma nação inteira. (...) Como todos os nossos compatriotas, estou triste esta noite por ver esta parte de nós queimar", disse.

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, também se manifestou sobre o incêndio no Twitter.

"É horrível ver o enorme incêndio na Catedral de Notre-Dame, em Paris. Talvez aviões-tanque com água possam ser usados para apagá-lo. É preciso agir rapidamente!"

______________

A Deutsche Welle é a emissora internacional da Alemanha e produz jornalismo independente em 30 idiomas. Siga-nos no Facebook | Twitter | YouTube

| WhatsApp | App | Instagram | Newsletter

Deutsche Welle A Deutsche Welle é a emissora internacional da Alemanha e produz jornalismo independente em 30 idiomas.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade