1 evento ao vivo

Imprensa norte-coreana destaca êxito de Kim em encontro com Trump

13 jun 2018
09h40
  • separator
  • comentários

Mídia oficial norte-coreana atribui processo de pacificação da Península Coreana às iniciativas adotadas pelo herdeiro da dinastia Kim, e diz que "sentimentos de amizade" entre os dois líderes foram aprofundados.A imprensa estatal da Coreia do Norte exaltou o encontro histórico entre o líder do país, Kim Jong-un, e o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, como uma vitória para o regime norte-coreano.

O líder norte-coreano, Kim Jong-un, durante encontro com o presidente americano, Donald Trump
O líder norte-coreano, Kim Jong-un, durante encontro com o presidente americano, Donald Trump
Foto: DW / Deutsche Welle

Em manchete de primeira página, o jornal oficial Rodong Sinmun, chamou a reunião dos dois líderes em Cingapura nesta terça-feira (12/06) de "o encontro do século".

A agência de notícias KCNA destacou a promessa de Trump de pôr fim aos exercícios militares realizados periodicamente por tropas americanas e sul-coreanas no território do país vizinho, assim como a intenção de remover as sanções ao país com a melhora das relações bilaterais.

"Kim Jong-un e Donald Trump reconheceram a importância de se ater ao princípio de ações graduais e simultâneas para que se possa atingir a paz, estabilidade e a desnuclearização da Península da Coreia" afirmou a agência.

Segundo a KCNA, o presidente americano "demonstrou apreciação à atmosfera de paz e estabilidade criada na Península da Coreia e na região, apesar do perigo extremo de um conflito armado há apenas alguns meses, graças às medidas proativas e pacíficas adotadas pelo Líder Supremo desde o início do ano".

O mesmo texto seria lido mais tarde pela célebre apresentadora da televisão estatal Ri Chun Hee, de 75 anos, que costuma aparecer quando se trata de anúncios importantes, como testes nucleares.

As 33 fotos publicadas no Rodong Sinmun após o encontro com Trump ficaram bem abaixo das 61 fotografias impressas no jornal ao término da reunião entre Kim e o presidente da Coreia do Sul, Moon Jae-in, em abril.

A imprensa estatal não transmitiu ao vivo o encontro em Cingapura, exibindo desenhos animados e musicais enquanto a reunião se desenrolava. Normalmente, notícias sobre as viagens de Kim Jong-un são divulgadas apenas quando o líder já está de volta ao país.

A Coreia do Norte levou a Cingapura um grande número de repórteres e operadores de câmeras para cobrir a viagem de Kim, obtendo acesso a diversos locais que eram fechados à imprensa internacional.

A KCNA disse que Kim e Trump "aprofundaram os sentimentos de amizade", ressaltando que os dois líderes convidaram um ao outro para visitarem seus respectivos países. Segundo a agência, ambos "aceitaram com prazer".

RC/rtr/ots

_______________

A Deutsche Welle é a emissora internacional da Alemanha e produz jornalismo independente em 30 idiomas. Siga-nos no Facebook | Twitter | YouTube | WhatsApp | App | Instagram

Deutsche Welle A Deutsche Welle é a emissora internacional da Alemanha e produz jornalismo independente em 30 idiomas.

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade