PUBLICIDADE

Ferramentas inovadoras auxiliam no aumento da produtividade

Produtor de Mato Grosso colhe resultados ao utilizar biotecnologia, Climate FieldView e participar de projetos com novos modelos de negócio da Bayer

17 set 2021 13h40
ver comentários
Publicidade

Um dos desafios na adoção de novas soluções na agricultura é o de extrair ao máximo o valor e os resultados que a tecnologia pode entregar. Não basta estar aberto a inovações, mas é preciso combiná-las para amplificar o potencial produtivo, conforme mostra um produtor de Sorriso (MT). Cristian Dalben produz soja e milho em cerca de 3.800 hectares e conhece há anos os ganhos que a adoção de soluções modernas como híbridos de última geração e produtos de proteção de cultivos podem trazer.

Foto: DINO / DINO

"Meu pai já investia em novos produtos há décadas e hoje eu quem estou à frente da fazenda utilizando diferentes soluções. Fomos acompanhando a evolução da oferta de novas ferramentas e sempre enxergamos na diversidade de tecnologias e recomendações uma oportunidade de melhorarmos ainda mais a nossa produtividade", comenta Dalben.

O produtor tem um perfil pioneiro que busca testar soluções e lançamentos à procura de safras mais produtivas e sustentáveis. Ele é cliente do Impulso Bayer, programa de relacionamento e fidelidade da empresa, e, desde 2016, utiliza em sua propriedade a Climate FieldView, plataforma de agricultura digital da companhia.

"O FieldView proporciona mais assertividade e o tempo da colheita se torna bem menor. É muito bom ter à disposição uma plataforma que ajuda a otimizar tempo e, ao mesmo tempo, a aumentar a produtividade", comenta Dalben. "A ferramenta permite que possamos testar e pesar colheita sem parar máquinas, algo especialmente importante quando as condições climáticas são desfavoráveis e é preciso acelerar o processo para evitar prejuízos".

Ano passado, ao utilizar a solução, Dalben relata que notou uma mancha em um de seus talhões e, por meio de análises feitas com o FieldView, concluiu que eram nematoides. "Após entendermos onde estava o problema, na safra seguinte fizemos uso de uma variedade mais resistente e, com isso, conseguimos colher 80 sacas de soja por hectare em uma área que colhíamos de 30 a 40 sacas", lembra o produtor.

Hoje, Dalben combina soluções mais consolidadas a novos modelos de negócio. Assim como foi pioneiro no teste de Climate FieldView no Brasil, o agricultor também está envolvido com iniciativas mais recentes da Bayer. Desde 2020, por exemplo, ele participa de programas experimentais com modelos de remuneração e preços baseados em resultado (Outcome Based Model, ou OBM, em inglês).

Por meio do OBM a Bayer realiza recomendações aos produtores rurais e, caso o cliente tenha algum prejuízo, a empresa ressarce o agricultor. Se, pelo contrário, houver lucro, a companhia recebe parte do resultado. E logo no primeiro ano participando da iniciativa, Dalben conseguiu obter ganhos: em um teste utilizando o fungicida Fox® Xpro no cultivo de milho, dentro de uma área de 60 hectares, ele notou uma produtividade de 6 sacas a mais quando comparado a um produto da concorrência.

"Antes de realizarmos a colheita, foi possível notar, pelo FieldView, que uma área já estava melhor do que a outra. Além disso, meu manejo não sente uma diferença com qualquer produto ou projeto. Ele é mais robusto. E notar esses resultados logo no primeiro ano fazendo parte do OBM é uma prova de que a iniciativa da Bayer funciona e realmente nos traz benefícios", disse o produtor.

Essa busca por maior produtividade também está acompanhada de ganhos sustentáveis. Dalben é também um dos integrantes da iniciativa Carbono Bayer, programa que valoriza a sustentabilidade no campo e oferece benefícios aos produtores que implementam técnicas para viabilizar uma agricultura brasileira de baixo carbono.

Nova diretoria de negócios

Todas essas iniciativas — Climate FieldView, Carbono Bayer, OBM — integram um mesmo braço da Bayer, a diretoria de Digital & Novos Modelos de Negócio. Criada no ano passado, a área visa priorizar parcerias, a cocriação de soluções, o incentivo a startups e agtechs, sempre com um olhar de como a experiência digital e suas interações permitem otimizar as conquistas do setor e do produtor.

"Solucionar problemas, promover a sustentabilidade de toda a cadeia e incentivar uma maior conexão entre o agronegócio e a sociedade é o que buscamos com esta nova diretoria", comenta Mateus Barros, líder de Digital e Novos Modelos de Negócio.

De acordo com o executivo, todas as vertentes que fazem parte da nova diretoria trabalham de forma conjunta e integrada a fim de desenvolver, ajustar, escalar e disponibilizar inovações ao produtor rural brasileiro. "O trabalho integrado é mais um importante passo da Bayer rumo a seu objetivo de moldar um futuro mais sustentável e produtivo na agricultura com base em ciência de ponta", finaliza.

DINO Este é um conteúdo comercial divulgado pela empresa Dino e não é de responsabilidade do Terra
Publicidade
Publicidade