PUBLICIDADE

Evento debate manejo sustentável de florestas na Amazônia

As possibilidades de exploração madeireira de forma sustentável a partir de parcerias entre comunidades e empresas do setor de base florestal serão debatidas no Fórum Florestas Coletivas, no dia 27 de outubro, às 10h (horário de Brasília).

25 out 2021 18h08
ver comentários
Publicidade

As possibilidades de exploração madeireira de forma sustentável a partir de parcerias entre comunidades e empresas do setor de base florestal serão debatidas no Fórum Florestas Coletivas, no dia 27 de outubro, às 10h (horário de Brasília).

Foto: Idesam / DINO

O evento é gratuito, não precisa de inscrição e será transmitido pelo YouTube e pelo Facebook do Instituto de Conservação e Desenvolvimento Sustentável da Amazônia (Idesam). 

O Fórum é uma realização do Idesam e do Instituto de Manejo e Certificação Florestal e Agrícola (Imaflora), com apoio da CLUA (Climate and Land Use Alliance, sigla em inglês).

Segundo dados do Imaflora de 2017, o manejo florestal gerou mais de R$ 4,4 bilhões e mais de oito mil empregos no Brasil. O Fórum Florestas Coletivas fará um amplo debate sobre o assunto, principalmente para incentivar que comunidades tradicionais se unam para atuar com manejo florestal ou que façam acordos, baseadas em alguns critérios, com empresas madeireiras visando o manejo sustentável de suas florestas. 

O Imaflora e o Idesam orientam que os acordos entre comunidades e empresas devem trazer benefícios para a comunidade como geração de renda e emprego, capacitações e treinamentos, inclusão de jovens, mulheres e anciãos, melhoria da gestão e monitoramento, proteção contra invasões e grilagem de terra.

Considerando que esses acordos devem trazer benefícios sociais - como geração de emprego e renda, capacitações, inclusão de grupos vulneráveis, entre outros -, é necessário que as associações e cooperativas comunitárias estejam preparadas e capacitadas para exigir das empresas condições justas e conservação ambiental.

Segundo o coordenador senior de projetos do Imaflora, Marco Lentini, o Fórum Florestas Coletivas apresentará as possibilidades de extração madeireira de forma qualificada. "Pesquisas apontam o aumento de taxas de desmatamento e de degradação ambiental de forma acelerada. Sabemos que o manejo florestal pode ser uma solução para isso e precisamos aumentar essas áreas manejadas na próxima década, com concessão de florestas públicas para que comunidades possam fazer acordos benéficos", comentou.

Já o gerente florestal do Imaflora e líder do Fórum de Florestas Nativas e da Força Tarefa de Concessões da Coalizão Brasil, Leonardo Sobral, afirmou que, durante o fórum, serão lançados vídeos explicativos e uma cartilha com orientações sobre manejo florestal. Já aplicados no Amazonas e no Pará, os vídeos e das cartilhas podem ser utilizados em áreas com floresta de qualquer parte do Brasil. 

O gerente de Manejo e Tecnologias Florestais do Idesam, André Vianna, destacou a importância de realizar mudanças nas formas de relacionamento entre empresas e comunidades. "O objetivo principal é que as organizações comunitárias desenvolvam o manejo sem a necessidade de recursos de filantropia ou de apoio governamental. Então, queremos tratar como essa relação com as empresas pode fomentar o manejo florestal comunitário a partir de relações com maior equilíbrio de poder entre as duas partes", disse. 

O Fórum é aberto ao público e tem como foco principal: lideranças comunitárias, pesquisadores, empresas madeireiras e instituições que atuam pela conservação do meio ambiente, questões socioambientais e de sociobioeconomia.      

Em mais de 17 anos de trabalho, o Idesam se destaca por sua atuação junto a produtores rurais, comunidades tradicionais, ribeirinhas e indígenas, principalmente em projetos voltados para produção rural sustentável, manejo e tecnologias florestais e mudanças climáticas. Ao longo desse período, o instituto já alcançou mais de 5 mil famílias, distribuídas em diversos municípios da região amazônica.

O Imaflora é uma associação civil sem fins lucrativos, fundada em 1995, que trabalha para promover a conservação e o uso sustentável dos recursos naturais, gerar benefícios sociais e reduzir as emissões de gases causadores do efeito estufa. Mais informações em www.imaflora.org.



Website:

http://www.imaflora.org
DINO Este é um conteúdo comercial divulgado pela empresa Dino e não é de responsabilidade do Terra
Publicidade
Publicidade