PUBLICIDADE

Estado Islâmico assume responsabilidade por ataque no Congo

23 out 2021 13h06
ver comentários
Publicidade

O Estado Islâmico assumiu a responsabilidade por um ataque a uma vila nesta semana no leste da República Democrática do Congo, de acordo com comunicado publicado na sexta-feira em seus canais afiliados no Telegram.

Moradores da vila de Kalembo disseram à Reuters que rebeldes mataram 16 pessoas e incendiaram casas em um ataque na quarta-feira que um grupo local de direitos humanos atribuiu às Forças Democráticas Aliadas (ADF), grupo armado de Uganda ativo na região.

O comunicado afirma que o Estado Islâmico foi responsável pelo ataque na vila cerca de 40 km a leste da cidade de Beni.

O ADF opera nas densas florestas perto da fronteira com Uganda há mais de três décadas e começou a matar civis em grande número em 2014.

O grupo alinhou-se publicamente com o Estado Islâmico, mas um relatório de junho das Nações Unidas não encontrou evidências de apoio direto do Estado Islâmico ao ADF.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
Publicidade
Publicidade