0

#Verificamos: aviso de "voto em papel disponível" é falso

11 out 2018
17h57
  • separator
  • comentários

Circula nas redes sociais imagem que sugere aos eleitores que caso tenham problemas nas urnas eletrônicas, no segundo turno, podem solicitar aos mesários o voto em papel. A imagem sugere que esta opção estaria disponível "em todas as seções eleitorais" do país. Por meio do projeto de verificação de notícias, usuários do Facebook solicitaram que esse material fosse analisado. Confira a seguir o trabalho de verificação da Lupa:

Foto: Agência Lupa

"O voto em papel está disponível em todas as seções eleitorais"
Texto visto em imagem que circula no WhatsApp

FALSO

A imagem traz duas informações falsas. De acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) é falsa a informação de que o voto em papel "está disponível em todas as seções eleitorais". Em nota, o órgão informa que, quando uma urna eletrônica não funciona, ela é substituída por outra.

"O uso de urna de lona e voto em papel constitui uma excepcionalidade". Ocorre apenas se os seguintes "procedimentos de contingência" não tiverem sido suficientes para resolver o problema:

  1. Ligar e desligar a urna eletrônica;
  2. Substituir a mídia de votação, que contém a memória da urna;
  3. Retirar as memórias e colocar em uma nova urna eletrônica.

Também é falsa a informação de que, se houver erro na urna eletrônica, o eleitor poderá recorrer ao voto em papel. O TSE destaca que "não há previsão, inclusive legal, de abandono da urna (eletrônica) para votar em papel". O órgão afirma ainda que as seções eleitorais sequer estão preparadas para esse tipo de procedimento.

A orientação é sempre visualizar a foto do candidato antes de pressionar a tecla "Confirma". Em qualquer caso de suspeição ou divergência, o eleitor deve alertar o mesário para que seja analisada a situação por um Juiz Eleitoral, pelo Ministério Público Eleitoral ou por pessoas por eles delegadas.

*Nota: esta reportagem faz parte do projeto de verificação de notícias no Facebook. Dúvidas sobre o projeto? Entre em contato direto com o Facebook.

Veja também:

 

Agência Lupa

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade