0

Em 2 meses, PSDB repassou R$ 1 milhão a aliados em SP

O repasse de dinheiro garante que os nanicos sobrevivam na campanha e possam levar o nome de Geraldo Alckmin e José Serra pelo estado

28 set 2014
11h22
  • separator
  • 0
  • comentários

O PSDB, que disputa a reeleição no governo do estado com o candidato Geraldo Alckmin, repassou R$ 1,05 milhão para seis partidos pequenos que o apoiam na tentativa de reeleição. As informações são da Folha de S. Paulo.

<p><span style="font-size: 15.1999998092651px;">Com diversos aliados pequenos no estado de S&atilde;o Paulo, a campanha de Geraldo Alckmin repassou R$ 1 milh&atilde;o&nbsp;</span></p>
Com diversos aliados pequenos no estado de São Paulo, a campanha de Geraldo Alckmin repassou R$ 1 milhão 
Foto: Thiago Tufano / Terra

Com diversos aliados pequenos no estado de São Paulo, nos dois primeiros meses da disputa eleitoral, o partido tucano abasteceu a caixa do PT do B, PSL, PMN, PTC, PSC e PSB (que foi o que mais recebeu verba: R$350 mil). As transferências do PSDB em São Paulo saíram da doação das construtoras Queiroz Galvão e OAS.

O repasse de dinheiro garante que os nanicos sobrevivam na campanha e possam levar o nome de Geraldo Alckmin e José Serra por todo o estado de São Paulo.

Segundo dirigentes dos partidos aliados do PSDB, a movimentação financeira vinda da campanha ao governo não causou nenhuma influência para o apoio ao candidato tucano. “Sempre estivemos com o governador”, disse Antonio Rodrigues do PT do B.

Muitas vezes, como aconteceu com o PT do B, as doações vindas do PSDB significam quase 100% da renda reunida pela sigla.

As doações são previstas pela legislação eleitoral e foram declaradas na prestação de contas do partido.

Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade