1 evento ao vivo

PT lançará pré-candidatura de Lula no dia 9/6, diz Gleisi

23 mai 2018
19h47
atualizado às 20h00
  • separator
  • 0
  • comentários

A presidente nacional do PT, senadora Gleisi Hoffmann (PR), afirmou nesta quarta-feira que a pré-candidatura do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva à Presidência será oficialmente lançada no dia 9 de junho, em Belo Horizonte, e reafirmou sua confiança que o petista poderá disputar as eleições.

Senator Gleisi Hoffmann arrives for a meeting with former Brazilian President Luiz Inacio Lula da Silva at the Lula Institute in Sao Paulo, Brazil April 5, 2018.  REUTERS/Leonardo Benassatto - RC174EE624A0
Senator Gleisi Hoffmann arrives for a meeting with former Brazilian President Luiz Inacio Lula da Silva at the Lula Institute in Sao Paulo, Brazil April 5, 2018. REUTERS/Leonardo Benassatto - RC174EE624A0
Foto: Leonardo Benassatto / Reuters

Segundo a senadora, que leu carta do ex-presidente em evento organizado pela Confederação Nacional dos Municípios do qual outros presidenciáveis participaram, o PT procura outros partidos para compor a chapa, de forma a tê-la definida até a convenção da legenda no dia 28 de julho. Mas há também a possibilidade de essa definição ser postergada para perto do prazo de registro na Justiça Eleitoral.

"O Lula é o nosso candidato, está legalmente com condições de ser candidato", disse Gleisi, afirmando que no próximo domingo, dia 27, deve haver um "esquenta" com ações em todo o país. "No dia 9 de junho nós vamos lançar a pré-candidatura nacionalmente, vai ser em Belo Horizonte", disse.

Lula está preso desde o início de abril na sede da Polícia Federal em Curitiba para cumprir pena de 12 anos e 1 mês de prisão por corrupção passiva e lavagem de dinheiro no caso do tríplex no Guarujá. De acordo com a Lei da Ficha Limpa, condenados por órgãos colegiados da Justiça, como é o caso do ex-presidente, ficam impedidos de disputar eleições.

Gleisi, no entanto, disse haver casos em que candidatos a prefeituras e ao Senado, disputaram as eleições com registro suspenso. Para ela, se Lula for impedido de concorrer, "vai ser mais uma violência contra o Lula, a primeira na Justiça Eleitoral".

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade