1 evento ao vivo

Haddad diz que mercado prefere Bolsonaro por "lucro fácil"

Candidato do PT à Presidência frisou que programa de governo do ex-capitão promete privatizações

10 out 2018
11h19
atualizado às 11h38
  • separator
  • 0
  • comentários

O candidato do PT à Presidência, Fernando Haddad, reconheceu nesta quarta-feira (10) que o mercado financeiro tem uma preferência pelo candidato adversário, Jair Bolsonaro (PSL). Segundo ele, isso se deve à expectativa de um "lucro fácil", em função das prometidas privatizações que constam no programa de governo do ex-capitão do Exército.

Candidato do PT à Presidência, Fernando Haddad 09/10/2018 REUTERS/Amanda Perobelli
Candidato do PT à Presidência, Fernando Haddad 09/10/2018 REUTERS/Amanda Perobelli
Foto: Reuters

Haddad ressaltou que o "establishment" brasileiro tem preferência pela extrema-direita, o que não acontece no exterior, e ressaltou que o programa do PT não prevê privatizações da Petrobras ou dos bancos públicos.

O candidato petista não quis comentar a denúncia contra o assessor econômico de Bolsonaro, Paulo Guedes, alegando não conhecer o teor.

"Não li a denúncia e não vou me manifestar porque não sei da solidez dela. Não vou falar mal de alguém só porque surgiu a oportunidade", disse.

Veja também

 

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade