0

Fórum Estadão-Faap discute campanha eleitoral e fake news

O presidente do TSE, Luiz Fux, participa do evento, na segunda-feira; uso das redes sociais na eleição é um dos temas em debate

6 jun 2018
05h02
atualizado em 8/6/2018 às 10h31
  • separator
  • comentários

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) e presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Luiz Fux, participa na próxima segunda-feira, 11, do Fórum Estadão-Faap Campanha Eleitoral e Fake News. No evento, serão discutidas as mudanças no cenário político e temas como o financiamento das campanhas, o uso de redes sociais e o combate às notícias falsas.

Além de Fux, estão confirmadas as presenças do publicitário Lula Guimarães, coordenador de campanhas eleitorais; do presidente do Instituto Ethos, Caio Magri; do cientista político Rafael Cortez, da Consultoria Tendências; do professor de Marketing Político da Faap Celso Matsuda; do diretor de Análises de Políticas Públicas da FGV-Rio, Marco Aurélio Ruediger; do presidente da Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo (Abraji), Daniel Bramatti; do coordenador do Laboratório de Estudos sobre Imagem e Cibercultura, da Universidade Federal do Espírito Santo, Fabio Malini; e do jornalista Eugênio Bucci, professor da Escola de Comunicação e Artes da Universidade de São Paulo (ECA-USP).

Painéis. O Fórum terá dois painéis. O primeiro, com o tema "Como fazer campanha com mais ética e menos dinheiro", será mediado pela jornalista Vera Magalhães, colunista do Estado e comentarista da Rádio Jovem Pan. Na sequência, o painel "O uso da internet na disputa pelo voto" terá mediação da coordenadora do Laboratório de Jornalismo da Faap, Edilamar Galvão.

Em abril, Fux afirmou que a Corte Eleitoral vai agir de formas preventiva e punitiva contra a disseminação de notícias falsas nas eleições. O ministro disse ainda que um candidato eleito com a divulgação de notícias falsas pode ser cassado e a eleição, nessas condições, anulada. "Uma propaganda que visa destruir candidatura alheia pode gerar uma configuração de abuso de poder que pode levar a uma cassação", afirmou. "Se o resultado da eleição for fruto de uma fake news capaz de ter essa expressão, anula a eleição." A proposta do TSE é atacar preventivamente e identificar fábricas de robôs de notícias falsas.

Neste contexto, o Estado acaba de lançar o blog Estadão Verifica - que está monitorando redes sociais e checando se alguns dos textos, vídeos e fotos mais compartilhados são inverídicos, distorcidos ou descontextualizados.

O Fórum Estadão-Faap será realizado no auditório 1 da Faap, na Rua Alagoas, 903, em Higienópolis, das 8h30 às 12h15. Os interessados no evento devem fazer sua inscrição no site http://bit.ly/forumestado. As vagas são limitadas.

Estadão
  • separator
  • comentários
publicidade