0

Em Passa Quatro, prefeito é reeleito um dia depois de morrer

Coligação chegou a pedir substituição, mas TRE de Minas Gerais alegou que não havia tempo e Antônio Claret (PV) foi enterrado no dia da eleição

16 nov 2020
18h30
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

BELO HORIZONTE — Antônio Claret (PV) foi reeleito neste domingo, 15, prefeito de Passa Quatro, região sul de Minas, com 60,80% dos votos, segundo informações do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Na véspera, no entanto, Claret, de 62 anos, acabou morrendo. Ele havia sofrido um infarto em 8 de outubro e passou por internações. Foi enterrado no dia em que foi eleito.

A coligação do prefeito, "Povo no Governo", formada por PV, PTB, MDB e PDT, pediu ainda no sábado ao Tribunal Regional Eleitoral de Minas Gerais (TRE-MG) a substituição de Claret por outro candidato, Henrique Nogueira Gonçalves (MDB), que é o atual vice-prefeito. Marcos Torres (PV), que formava a chapa com Claret, segue como vice eleito. "Agora é aguardar. Tem todo um procedimento", diz Henrique Gonçalves.

O TRE confirmou que o pedido de substituição foi feito no sábado, mas alegou, em nota, que não houve tempo hábil. "Como as urnas já estavam todas preparadas e a eleição já foi no domingo cedo, não houve tempo para fazer o processo de substituição a tempo de o novo candidato estar na urna", diz o texto. "O sistema CANDEX, onde os partidos lançam os dados dos candidatos, já estava fechado. Foi necessário solicitar ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral) a reabertura do sistema, para que seja possível inserir as informações sobre o novo cabeça de chapa, Henrique Nogueira Gonçalves."

O tribunal afirma que, a partir desse momento, é iniciado o processo normal de registro de candidatura, podendo haver nova eleição na cidade. "A zona eleitoral publica um edital com as informações, há prazo de cinco dias para impugnação e só depois de transcorrido esse prazo o juiz analisará todo o processo para deferir o registro de candidatura de Henrique e declarar a chapa vencedora. Como a chapa obteve mais de 50% dos votos válidos (atingiu 60,8%), se a candidatura não for deferida será realizada nova eleição em Passa Quatro".

Claret já havia sido prefeito duas vezes de Passa Quatro, além de vice em outros três mandatos. "Você pode rodar Minas Gerais que não encontra um político como o Claret. Combatia a desigualdade, era aberto e progressista", diz Henrique Gonçalves.

O prefeito sofreu um enfarte no dia 8 de outubro. Foi transferido para hospitais de São Lourenço e Varginha e operado. Voltou para Passa Quatro, passou mal de novo e voltou a ser transferido, mas acabou morrendo no sábado, 14, à tarde.

Veja também:

Carro aquaplana e vai parar em barranco às margens da BR 467, em Cascavel
Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade