4 eventos ao vivo

Dividida, esquerda lança terceiro candidato a prefeito em Rio Preto

Vereador Marco Antônio Rillo é confirmado como nome do PSOL na disputa

14 set 2020
21h28
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

SÃO JOSÉ DO RIO PRETO - O PSOL de São José do Rio Preto confirmou, na noite desta segunda-feira, 14, em convenção online, o nome do atual vereador Marco Antônio Rillo como candidato a prefeito pela legenda. A presidente municipal do partido, a advogada Luciana Fontes, será a vice em chapa pura.

Rillo é o oitavo postulante ao cargo nas eleições deste ano e o terceiro a sair das fileiras da esquerda, que já lançou a professora e sindicalista Celi Regina (PT) e o empresário Carlos Alexandre (PCdoB).

Até o momento, também estão na disputa o atual prefeito Edinho Araújo (MDB), a coronel Helena dos Santos Reis (Republicanos), Carlos Arnaldo (PDT), Filipe Marchesoni (Novo) e Rogério Vinicius dos Santos (DC).

Tucanos

O delegado e atual vereador Renato Pupo (PSDB) desistiu no último sábado da disputa pela Prefeitura. Ele tentará o terceiro mandato no Legislativo. A retirada da candidatura surpreendeu pré-candidatos da sigla a uma cadeira na Câmara.

Pupo creditou a saída de cena à pandemia, que teria comprometido a divulgação de sua campanha. O PSDB, cuja convenção acontecerá nesta quarta-feira, não conseguiu fechar um arco de alianças, conquistando apenas o apoio do Cidadania.

Após a desistência, os tucanos lançaram como substituto o empresário Denilson Marzocchi, conhecido por participar de movimentos pró-Bolsonaro. Nesta terça, é esperada a visita do governador João Doria (PSDB) na cidade. Ele cumpre agenda para inaugurar a Deic (Divisão Especializada de Investigações Criminais), mas poderá definir os rumos da campanha do seu partido.

Veja também:

Limitar pagamentos de precatórios garante R$ 40 bilhões a novo programa social do governo
Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade