2 eventos ao vivo

Aldo Rebelo diz que SD não fechou apoio a Alckmin e candidatura está mantida

Pré-candidato da sigla à Presidência da República, ex-ministro afirmou que partido ainda negocia alianças

22 jul 2018
14h47
atualizado em 23/7/2018 às 10h23
  • separator
  • comentários

SÃO PAULO - O pré-candidato do Solidariedade à Presidência da República, o ex-ministro do Esporte e Defesa Aldo Rebelo, afirmou ao Estadão/Broadcast que sua pré-candidatura ao Palácio do Planalto está mantida. Perguntado pela reportagem sobre como ficaria sua candidatura diante da possibilidade de o Solidariedade, partido que compõe o chamado Centrão, vir a apoiar a candidatura do tucano Geraldo Alckmin (PSDB), o ex-ministro disse que seu partido ainda não fechou apoio ao ex-governador paulista.

"O Solidariedade ainda não fechou apoio a Geraldo Alckmin. Vamos acompanhar as negociações durante esta semana. A minha candidatura está mantida", disse Rebelo.

Aldo Rebelo participou da Convenção Estadual do Partido Solidariedade em São Paulo e discursou como candidato ao lado do presidente nacional do Solidariedade, o deputado federal Paulo Pereira da Silva, o Paulinho da Força, e o agora candidato oficial à reeleição ao governo de São Paulo, governador Márcio França. No evento, o ex-prefeito paulistano foi chamado de 'mentiroso' por Paulinho da Força.

Rebelo disse que a Convenção Nacional do Solidariedade ocorrerá ao longo desta semana.

Estadão Conteúdo

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade