USP perde liderança em ranking de universidades para chilena

28 mai 2014
11h07
atualizado às 11h19
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

A Universidade de São Paulo (USP) perdeu o posto de melhor universidade da América Latina para a Pontifícia Universidade Católica do Chile, de acordo com o ranking elaborado anualmente pela consultoria britânica QS. Apesar da queda da USP, o Brasil teve uma melhora no ranking deste ano, com 10 universidades entre as 20 melhores do continente, duas a mais que em 2013.

Posição Instituição País Nota
Pontificia Universidade Católica de Chile  Chile  100
Universidade de São Paulo (USP)  Brasil  98,9
Universidade Estadual de Campinas (Unicamp)  Brasil  97,1
Universidade Federal do Rio de Janeiro  Brasil  95,5
Universidad de Los Andes Colombia   Colômbia  94,7
Universidad de Chile  Chile  94,1
Tecnológico de Monterrey (ITESM)  México  91,4
Universidad Nacional Autónoma de México (UNAM)  México  91,0
Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (Unesp)  Brasil  90,3
10  Universidade Federal de Minas Gerais  Brasil  87,3
10  Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS)  Brasil  87,3

A USP teve sua pontuação reduzida de 100 no ranking do ano passado para 98,9 na lista deste ano. A chilena foi a única a atingir a pontuação máxima. Esta é a primeira vez que a USP aparece fora do topo do ranking da QS. 

A lista destaca as 300 melhores universidades da América Latina, com base em sete indicadores selecionados para refletir as prioridades regionais. Um total de 18 países aparecem no ranking, liderado pelo Brasil, com 78 instituições. O México aparece em segundo, com 46 universidade, seguido pela Colômbia, com 41, Argentina, com 34, e Chile, com 30. Além desses cinco países dominantes, Costa Rica, Venezuela e Peru têm uma universidade classificada dentro das 30 melhores. 

Veja também:

A enfermeira que salvou três bebês de hospital atingido pela explosão em Beirute
Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade