Primeira fase do vestibular da Unesp ocorre nesta sexta em 31 cidades de SP

O processo seletivo oferece 7.725 vagas, que serão disputadas por 95,4 mil candidatos. Exame também será aplicado em Brasília, Campo Grande, Curitiba e Uberlândia

15 nov 2019
01h34
  • separator
  • 0
  • comentários

SÃO PAULO - A Universidade Estadual Paulista (Unesp) realiza nesta sexta-feira, 15, a prova da primeira fase do seu vestibular. São esperados 95,4 mil candidatos nos locais de prova, que terão os portões fechados às 14 horas, em 31 cidades paulistas e também em Brasília, Campo Grande, Curitiba e Uberlândia. O processo seletivo oferece 7.725 vagas.

O local do exame pode ser consultado no site www.vunesp.com.br. Os candidatos devem comparecer ao prédio com uma hora de antecedência, portando o original de um dos seguintes documentos: RG, Carteira de Habilitação, Certificado Militar, Carteira de Trabalho, Passaporte, Registro Nacional de Estrangeiros, Identidade expedida pelas Forças Armadas ou carteira de órgão ou conselho de classe.

Os materiais de prova a serem levados pelos candidatos são lápis preto (proibido uso de lapiseira), apontador, borracha, caneta esferográfica com tinta preta (fabricada em material transparente) e régua transparente. O exame terá duração de cinco horas, com a saída do edifício liberada somente após 3 horas e 30 minutos do início.

As 7.725 vagas do Vestibular Unesp 2020 são para os seguintes municípios: Araçatuba (170 vagas), Araraquara (855), Assis (405), Bauru (1.085), Botucatu (600), Dracena (80), Franca (410), Guaratinguetá (310), Ilha Solteira (470), Itapeva (80), Jaboticabal (280), Marília (475), Ourinhos (90), Presidente Prudente (640), Registro (80), Rio Claro (490), Rosana (80), São João da Boa Vista (80), São José do Rio Preto (460), São José dos Campos (120), São Paulo (185), São Vicente (80), Sorocaba (80) e Tupã (120).

A Unesp destina pelo menos 50% das vagas por curso (total de 3.878 vagas entre as 7.725 do Vestibular) ao Sistema de Reserva de Vagas para Educação Básica Pública. Dessas vagas do sistema, a reserva é de 35% a quem se autodeclara preto, pardo ou indígena.

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade