PUBLICIDADE

Pré-vestibular online tem vantagens e armadilhas; veja 8 dicas para se dar bem no cursinho virtual

Opções virtuais para estudar para provas concorridas cresceram na pandemia

26 abr 2021 11h40
| atualizado em 4/5/2021 às 18h31
ver comentários
Publicidade

Com a pandemia, cresceram as opções para fazer um pré-vestibular online. Cursinhos tradicionais passaram a oferecer a modalidade 100% virtual e alunos inscritos veem vantagens, como redução do tempo de deslocamento e chance de personalizar os estudos. Mas também há armadilhas, segundo professores ouvidos pelo Estadão. Veja abaixo oito dicas para fazer um pré-vestibular online sem se enrolar.

  • Tenha horário e local de estudo. Você pode optar por assistir às aulas ao vivo (quando houver essa modalidade) ou assistir aos vídeos depois. Em todo caso, é importante estabelecer horários para assistir às aulas e se esforçar para cumpri-los. Definir um local da casa que seja específico para estudar e sem outras distrações, se for possível, também ajuda.
  • Cuidado com a armadilha. A chance de ver depois a explicação de uma matéria pode fazer com que você perca o foco enquanto assiste ao vídeo. E o nível de concentração em determinada tarefa é fator importante para a aprendizagem. Na hora da aula - seja ela ao vivo ou gravada - imagine que não haverá oportunidade de rever e tente manter o máximo de foco que você teria em uma aula presencial.
  • Acelerou, mas nem tanto. A possibilidade de acelerar vídeos para dar conta de mais matérias em menos tempo é tentadora, mas tenha cuidado. Acelerar só para cumprir tabela e terminar uma aula sem entender o que foi dito não adianta. Se a aprendizagem diminui com vídeos acelerados, o melhor é retomar a velocidade normal.
  • Exercícios sempre. Para avaliar se está entendendo determinada matéria e quais os pontos de dúvida, faça exercícios regularmente. Em caso de dúvidas, anote e busque sanar com professores em plantões virtuais.
  • Divida bem as disciplinas. É comum que os alunos prefiram estudar primeiro as matérias com as quais têm mais afinidade. Para evitar deixar de lado as disciplinas difíceis, separe tempo para elas e tente cumprir.
  • Papel. Avalie a sua necessidade de pegar em livros e apostilas. Alguns estudantes aprendem melhor grifando no papel. Se for este o caso, solicite ao cursinho materiais impressos. Simulados também devem ser impressos, para que você treine da mesma forma que ocorrerá no dia da prova.
  • Concentração. Se o celular te desconcentra, deixe-o longe de você durante o estudo ou desligado. Se você estuda por meio do celular, vale a pena suspender notificações de aplicativos durante o tempo de estudo.
  • Turma. Mesmo em cursos a distância, é importante se conectar com pessoas que estão passando pela mesma situação. Colegas de turma ajudam a enfrentar problemas, criam espaços de debates e tiram dúvidas. Turmas virtuais podem se conectar em grupos de WhatsApp ou na própria plataforma disponibilizada pelo cursinho.
Estadão
Publicidade
Publicidade