Perfil de candidatos do Enem 2019 tem mais mulheres e pardos

Inep divulgou dados relativos aos estudantes que se inscreveram para a prova deste ano, que ocorre nos dias 3 e 10 de novembro

16 jul 2019
03h12
atualizado às 09h06
  • separator
  • 0
  • comentários

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), do Ministério da Educação, divulgou o perfil dos candidatos que farão o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em 2019. Os dados mostram que há mais estudantes mulheres (59,5%) do que homens (40,5%), os pardos representam 46% dos que se inscreveram e, como era esperado, a maioria é composta por jovens - só 11,6% dos candidatos tem mais de 30 anos.

O exame acontecerá nos dias 3 e 10 de novembro e a edição de 2019 conta com mais de 5 milhões de inscritos, dos quais 3 milhões são mulheres. Do total, 28,8% estão cursando a última série e 58,7% já concluíram o ensino médio.

Um contingente significativo de participantes faz as provas como treineiros: 616.673, que equivale a 12,1% dos inscritos. "São os estudantes que não irão concluir o ensino médio em 2019, mas que fazem o Enem para experimentar a rotina de candidato, conhecer o formato do conteúdo cobrado no exame e para autoavaliar os conhecimentos", explica o Inep.

O órgão lembra que, além de ser a principal forma de acesso a universidades brasileiras, 37 universidades em Portugal também aceitam os resultados do Enem. "Mais de 500 mil pessoas estão envolvidas na elaboração e na aplicação do exame, que é a maior porta de entrada para a educação superior do País", destaca.

Veja outros dados

Estados com maior porcentual de participantes

São Paulo - 16%

Minas - 10,5%

Bahia - 7.8%

Sexo dos candidatos

Mulheres - 59,5%

Homens - 40,5%

Faixa etária

Menor que 16 - 2,2%

Igual a 16 - 7,5%

Igual a 17 - 17,8%

Igual a 18 - 15,9%

Igual a 19 - 10,8%

Igual a 20 - 7,6%

De 21 a 30 - 26,7%

De 31 a 59 - 11,4%

Maior ou igual a 60 - 0.2%

Cor/Raça

Amarela - 2,3%

Branca - 36%

Indígena - 0,6%

Não declarada - 2%

Parda - 46,4%

Preta - 12,7%

Enem digital

O Ministério da Educação divulgou no dia 3 que o Enem passará a ser aplicado de forma digital a partir do próximo ano. O projeto prevê que 50 mil candidatos, em 15 capitais brasileiras, façam o modelo digital em 2020. A expectativa é de que o número seja ampliado progressivamente até 2026, quando a prova impressa será extinta.

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade