Inscrições para programa de bolsas da Fundação Estudar terminam dia 1º

Entre os que passaram pelo programa estão os deputados federais Tábata Amaral e Felipe Rigoni

7 mar 2019
18h05
atualizado em 8/3/2019 às 11h23
  • separator
  • comentários

SÃO PAULO - As inscrições para o processo seletivo do Programa de Líderes da Fundação Estudar terminam no dia 1º de abril. O programa é voltado para jovens entre 16 e 34 anos, dos ensinos público e privado. Os interessados devem fazer a inscrição pelo site.

Os selecionados concorrem a quatro categorias de bolsa: graduação completa no Brasil, intercâmbio acadêmico de graduação ou duplo diploma no exterior, graduação completa no exterior e pós-graduação no exterior. O programa tem o objetivo de despertar o potencial de estudantes promissores e com projetos com potencial de mudar o país.

Entre os jovens que já foram contemplados com bolsas está a deputada federal paulistana Tábata Amaral, nascida na periferia de São Paulo, e o capixaba Felipe Rigoni, primeiro cego eleito para o Congresso Nacional.

Os critérios de avaliação são observados pela organização por meio de excelência acadêmica e profissional, alto potencial intelectual, competências como liderança, empreendedorismo, proatividade, criatividade, ética e gosto por desafios. A fundação ainda leva em conta ideias inovadoras e transformadoras.

Além de novos políticos, a Fundação Estudar também já contribuiu com a formação de engenheiros que desenvolveram meias para evitar infecções em amputados, corações artificiais e ações que facilitaram o acesso à cultura. Os jovens selecionados, além da ajuda financeira, também recebem mentoria, oportunidade de networking com grandes líderes e participação garantida em programas de desenvolvimento pessoal e profissional oferecidos pela instituição.

Estadão

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade