Fuvest começa 2ª fase neste domingo; saiba as regras

Abertura do portão das escolas será às 12h; uso de máscara é obrigatório para os candidatos

21 fev 2021
05h10
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

A Fuvest realiza neste domingo, 21, a prova da segunda fase do processo seletivo para preenchimento de vagas em cursos de graduação da Universidade de São Paulo (USP). Ao todo, 33.315 candidatos foram aprovados na primeira fase e convocados para a realização da segunda etapa.

Em 2021, a USP oferece 11.147 vagas, das quais 8.242 para quem está prestando a Fuvest. Outras 2.905 vagas são destinadas a seleção de estudantes pelo Sistema de Seleção Unificada (Sisu), que usa as notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

Neste domingo serão aplicadas a prova de português e redação. Na segunda-feira acontece a prova de disciplinas específicas, de acordo com a carreira escolhida. A abertura dos portões das escolas será às 12h. O fechamento e início da aplicação das provas será às 13h. A divulgação dos aprovados deve acontecer dia 19 de março no site da Fuvest.

Por causa da pandemia, há uma série de protocolos de saúde que foram adotados. Assim como ocorreu na primeira fase, o uso de máscara é obrigatório para fazer a prova. O candidato deve ter também uma máscara extra. É obrigatório levar documento de identidade original e caneta azul. É permitido o uso de lápis ou lapiseira para rascunho, além de borracha, apontador e régua transparente.

Dentro da escola, terá de ser respeitado a distância de 1,5 metro dos demais candidatos. Nas escolas, será colocado à disposição álcool em gel nas salas de aula e banheiros. Cada sala deverá ser ocupada em até 40% da sua capacidade.

Será permitida apenas a ingestão de líquidos no local de prova, enquanto o consumo de alimentos deverá ser feito fora da sala, em área apropriada. Se o candidato estiver com covid-19, suspeita ou teve contato próximo com doente, deve procurar assistência médica e não comparecer ao local do exame.

Veja também:

Os heróis que mantiveram a educação caminhando em 2020
Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade