PUBLICIDADE

1º dia do Enem tem alta abstenção, vazamento de prova, candidato detido e mais; veja

Milhares estudantes de todo país foram submetidos à temida redação e a outras 90 questões de Linguagens e Ciências Humanas neste domingo

6 nov 2023 - 07h04
(atualizado às 11h10)
Compartilhar
Exibir comentários

Neste domingo, 5, milhares estudantes de todo país foram submetidos ao primeiro dia do Exame Nacional de Ensino Médio (Enem) 2023. Além da temida redação, os candidatos tiveram que responder a 90 questões de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias e Ciências Humanas e suas Tecnologias. 

As provas foram marcadas pela alta abstenção, vazamento nas redes sociais, investigação da Polícia Federal, candidato detido e mais. Veja abaixo as principais notícias que envolvem a principal porta de acesso dos brasileiros ao Ensino Superior.  

  • Abstenção de 28,1% 

Foram registradas uma taxa de faltosos de 28,1%, segundo dados preliminares do Ministério da Educação. O número se manteve praticamente estável em relação à edição passada, quando 28,3% dos candidatos inscritos não compareceram a primeira fase do exame. 

Atingido por fortes chuvas na sexta-feira, o Estado de São Paulo registrou um índice de abstenção de 26,8%, abaixo da média nacional. Havia um temor de que a falta de energia prejudicasse o comparecimento dos candidatos do Estado. 

A maior abstenção ocorreu no Amazonas, que registrou índice de 44% de faltosos. O Estado enfrenta a maior seca de sua história, que tem dificultado a locomoção dos moradores sobretudo em áreas rurais. A menor taxa foi registrada em Sergipe, com 24,6% de participantes ausentes.

Balanço de ausentes no Enem 2023
Balanço de ausentes no Enem 2023
Foto: Reprodução
  • Vazamento de imagem de prova

A imagem de uma página do Enem 2023 vazou na internet, e o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) acionou a Polícia Federal para apurar o caso. O ministro da Educação, Camilo Santana, afastou a possibilidade de anular o exame. Segundo ele, o vazamento ocorreu após o início das provas, não causando impactos em sua realização.

Segundo Santana, a Polícia Federal fez duas diligências - uma em Pernambuco, na casa do autor da postagem, e outra no Distrito Federal para apurar o vazamento. A autoria do crime não foi revelada, mas o Inep descarta que a ação tenha sido cometida por algum servidor. 

Na imagem que circula nas redes sociais, é possível ver as orientações para a redação, que, nesta edição, foi sobre "Desafios para o enfrentamento da invisibilidade do trabalho de cuidado realizado pela mulher no Brasil". São exibidos quatro textos motivacionais usados como base para a dissertação dos candidatos.

Prova do Enem 2023 corresponde a imagem vazada nas redes sociais
Prova do Enem 2023 corresponde a imagem vazada nas redes sociais
Foto: Marcela Coelho/Terra
  • Tema da redação sobre invisibilidade do trabalho de cuidado da mulher 

'Desafios para o enfrentamento da invisibilidade do trabalho de cuidado realizado pela mulher no Brasil'. Esse foi o tema da redação do Enem 2023, que, segundo os professores entrevistados pelo Terra, é 'importante' e propõe 'romper barreira cultural'. Veja um exemplo com todos os requisitos necessários para se tirar nota 1.000.  

Redação do Enem 2023: como desenvolver o tema proposto?:
  • Enem volta a abordar a ditadura militar após 3 anos

Após três anos sem abordar o tema, o Enem 2023 voltou a trazer questões relacionadas à ditadura militar. Nas últimas edições, durante o mandato do ex-presidente Jair Bolsonaro (PL), esse tema havia sido deixado de fora, apesar de sua presença constante na prova desde 2009. 

A prova também trouxe questões que abordavam o racismo, com referência ao canto da torcida do Fluminense sobre "mulambo imundo", bem com a violência e a Lei Maria da Penha. Também teve citação a Jetsons, Caetano Veloso, a ginasta norte-americana Simone Biles e Israel. 

Alguns estudantes desaprovaram os textos longos e citaram suas dificuldades, enquanto outros destacaram e elogiaram o tema da redação

Enem 2023: comentários do 1º dia de prova:
  • Candidato flagrado com faca em escola 

Um candidato de 32 anos foi detido ao ser flagrado com uma faca na Escola Dom Bosco, em Poços de Caldas, Sul de Minas Gerais, e eliminado do Enem.

Ao Terra, a Polícia Militar informou que o objeto foi identificado quando o estudante pediu para ir ao banheiro. Ao ser orientado pela fiscal que teria que passar pelo detector de metais antes de deixar a sala, o rapaz informou que portava uma faca na cintura e voluntariamente a entregou para os seguranças.

De acordo com a corporação, a organização do Enem acionou a Polícia Militar, que registrou um Termo Circunstanciado de Ocorrência (TCO) por crime de menor potencial ofensivo e liberou o candidato. 

  • Em local de prova, canetas são superfaturadas

Estudantes que fizeram o Enem na Universidade Paulista (Unip) do bairro Água Branca, em São Paulo, encontraram vendedores ambulantes oferecendo canetas por valores que variavam entre R$ 4 e R$ 5, três vezes mais caro do que normalmente é vendido na papelaria. O Terra esteve no local e conheceu algumas histórias desses vendedores e suas estratégias de venda, que foram parcialmente afetadas pela distribuição gratuita desse ítem tão valioso no local. 

Em local de prova do Enem, canetas custam 3 vezes mais que na papelaria
Em local de prova do Enem, canetas custam 3 vezes mais que na papelaria
Foto: Marcela Coelho/Terra
  • Estudante viraliza com mochila de comida

Em um vídeo que viralizou nas redes sociais, uma estudante identificada como Carla Peroba mostra uma mochila com as comidas que levaria para as provas do Enem 2023. No post publicado no TikTok, a jovem brinca dizendo que não sabia se estava indo fazer uma prova ou um piquenique.

Estudante publicvídeo no tik-tok mostrando mochila com lanches que iria leva para o Eenm.
Estudante publicvídeo no tik-tok mostrando mochila com lanches que iria leva para o Eenm.
Foto: Foto: Reprodução tik-tok @carlapeoba
  • Dia 12 de novembro tem mais Enem 

Passado o primeiro dia de provas, agora inicia-se a contagem regressiva para o próximo domingo, 12. Neste dia, será a vez das questões de Matemática e Ciências da Natureza. 

Assim como neste domingo, os portões de acesso ao ambiente de provas se abrirão às 12h e fecharão às 13h (horário de Brasília). A organização do exame não permitirá entrar após o fechamento. As provas iniciam às 13h30 e devem ser entregues até as 18h30, 30 minutos a menos do que o primeiro dia do exame.

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade