PUBLICIDADE

Chega de desmotivação: dicas para voltar às aulas com gás

Preocupante: 53% dos educadores veem os jovens desmotivados para aprender

18 jul 2022 - 01h00
Ver comentários
Foto: Adobe Stock

O ano de 2022 chegou com tudo, trazendo a rotina de volta. A vida profissional está ativa dentro dos escritórios, e os alunos estão a todo vapor nas aulas presenciais. Depois de dois anos em home office, por causa da pandemia, as pessoas estão se sentindo mais revigoradas e prontas para lidar com as tarefas do dia a dia.

De acordo com a pesquisa do Datafolha, 87% dos estudantes que frequentam as aulas presenciais se sentem mais animados, segundo os pais. A parcela que afirmou que os filhos se sentem mais otimistas é de 80% enquanto 85% acreditam que os alunos estão mais interessados pelos estudos. O levantamento divulgado em 2021 foi encomendado por Itaú Social, Fundação Lemann e BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento).

Mas, por diversas razões, como o formato de aula remota, levaram alguns estudantes a se sentirem mais desmotivados com o passar do tempo, de acordo com uma pesquisa de educação feita na pandemia, que mostrou que o percentual de alunos sem motivação para estudar era de 46% em maio, e chegou a 54%, em setembro de 2021.

A volta aos estudos presenciais

Retornar aos estudos presenciais está sendo uma das inspirações para que a motivação seja despertada na vida de um aluno novamente, mas muitos ainda não se sentem motivados apenas de estarem dentro de uma sala de aula, e precisam de uma forcinha maior para aguçar o lado da motivação a fim de encararem as aulas.

O mês de julho é lembrado pelas férias, e muitos alunos ficam felizes nesta época por poderem descansar, viajar, aproveitar um hobbie e estar longe dos deveres acadêmicos. 

“Durante as férias, os alunos querem vivenciar novas experiências que não estejam ligadas à rotina do dia a dia, e por isso, preferem relaxar e se desconectar o máximo possível de assuntos escolares. Mas quando as férias chegam ao fim, é aí que é preciso recarregar as energias e ativar a motivação para o retorno às aulas, e isso varia de pessoa para pessoa. E ao administrar o tempo, é possível resgatar a motivação para ter aquele ânimo e prazer em assistir às aulas novamente”, ressaltou Jefferson Vendrametto, Diretor de Relações Corporativas e Institucionais do Cebrac.

Por causa da pandemia, a saúde mental de muitas pessoas foi afetada, e manter um ritmo de vida saudável e bem administrado se tornou algo mais que importante, mas essencial para seguir com as funções diárias. Segundo pesquisa realizada pelo Instituto Península (organização sem fins lucrativos e atuante na área de educação), 57% dos professores entrevistados acreditam que o desafio se concentra primeiramente em resgatar a aprendizagem dos estudantes que passaram por algumas dificuldades durante o ensino remoto.

Outra preocupação dos docentes foi a falta de motivação dos alunos: ainda que 79% dos educadores acreditem que os estudantes estão felizes com as voltas às aulas, 53% veem os jovens desmotivados para aprender.

5 dicas para voltar às aulas motivado

Jefferson Vendrametto preparou dicas para o aluno voltar motivado e disciplinado nas aulas neste 2º semestre de 2022. 

  • • Regule o sono dias antes do retorno das aulas para que acostume com o horário;
  • • Organize o seu material de estudo e mantenha-o sempre em uma ambiente próprio para encontrá-lo;
  • • Faça um planejamento para o novo semestre, inserindo novas metas e objetivos a conquistar;
  • • Cuide da alimentação e pratique exercícios físicos;
  • • Administre o seu tempo: dividindo-o entre os afazeres do dia e a hora de lazer.

(*) HOMEWORK inspira transformação, com inteligência digital e capricho artesanal. Nosso jornalismo impacta milhares de leitores todos os dias. E nossas soluções de conteúdo sob medida atendem grandes empresas de todos os tamanhos. Saiba mais sobre nossos projetos e entre em contato!

Homework Homework
Publicidade
Publicidade