Bolsonaro quer ministro da Educação que tenha autoridade

Candidato do PSL à Presidência disse que quer ministro que "expulse a filosofia de Paulo Freire"

9 out 2018
13h47
atualizado às 14h38
  • separator
  • comentários

O candidato do PSL ao Planalto, Jair Bolsonaro, afirmou que busca um nome que tenha autoridade para comandar o Ministério da Educação. "Estou procurando alguém para ser ministro da Educação que tenha autoridade. Que expulse a filosofia de Paulo Freire. Que mude os currículos escolares", disse, e emendou: "para aprender química, matemática, português, e não sexo".

As falas foram durante entrevista à Rádio Jovem Pan, na tarde desta terça-feira, 9.

Candidato do PSL à Presidência, Jair Bolsonaro, chega para votar no Rio de Janeiro
07/10/2018 REUTERS/Ricardo Moraes
Candidato do PSL à Presidência, Jair Bolsonaro, chega para votar no Rio de Janeiro 07/10/2018 REUTERS/Ricardo Moraes
Foto: Reuters

Na ocasião, Bolsonaro fez duras críticas ao PT que, segundo ele, tem interesse em manter uma desinformação na sociedade para prendê-las ao Bolsa Família.

Mesmo com a crítica, Bolsonaro disse que pretende ampliar esse programa social, mas combater desvios.

O candidato também afirmou que costuma ser chamado de extremista, mas que, na verdade, seus oponentes que são. "Os apaixonados pela Venezuela, por Cuba, são eles", disse.

Veja também:

Estadão Conteúdo

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade